Dividir casa é uma arte complicada



Já fazem quase 10 anos que morei fora de casa pela primeira vez, isto significa um crescimento pessoal e uma experiência incrível sobre o convívio humano e todos os problemas em torno disso. Muita curtição, mas – claro – muitos problemas e desentendimentos.

São também em torno a 10 os lugares diferentes nos quais morei. Repúblicas (casas onde moram estudantes) são um paraíso particular. Festas, churrascos, bebedeiras, vale tudo! Mas geralmente é onde moramos a primeira vez sem a mordomia de casa e a comidinha da mamãe. E, o pior, quase sem grana para fazer e comprar o que gostaríamos. Além de boa parte do ‘paitrocínio’ ir para as cervejadas de cada dia.

Claro que no meio dessa bagunça ainda existem as obrigações, como lavar louça e roupa, dividir as compras, limpar a casa e essas coisas que pouca gente gosta de fazer, ainda mais jovens universitários – a raça mais relaxada que existe no mundo. Pior quando comem toda a sua comida ou tomam toda sua cerveja. Brigas, brigas e mais brigas.

visinhosOutra coisa complicada é dividir casa com gringos no exterior. São culturas e estilos de vida diversos, somados a tudo mais que aumenta o pavio da bomba que está sempre prestes a explodir. Algumas vezes acabei tendo muitos problemas, outras, nenhum. Mas uma coisa é certa, ganhei muitos novos amigos espalhados pelo mundo. Alguns até tive a chance de visitar. Contatos e conexões são sempre fundamentais.

Uma coisa boa é estabelecer regras, mesmo que não sejam sempre seguidas. Pelo menos assim você poderá cobrar pelo que não foi feito. Não custa nada dar uma limpada, lavar o que usou, dar uma geral de vez em quando e manter seu quarto em ordem. Apesar de soar totalmente impossível para alguns! Para mim era, mas aprendi…

Dividir quarto então… é algo que nunca consegui fazer, apesar de ter tentado algumas vezes. Sou uma pessoa que ama as madrugadas e as madrugadas me amam. Gosto de virar a noite trabalhando no computador, sou um degustador da vida boêmia, gosto de ver o sol nascer. Como dividir quarto? Só chegando na hora que o cara que divide quarto sai para trabalhar de manhã… :D

Se está indo morar fora, prepare-se. Se já mora e tem problemas, tente se adaptar e ser mais flexível. Se mora e é a pessoa mais feliz do mundo, sorte sua. Continue assim. Só cuidado na hora de escolher com quem morar. Festeiros demais não deixarão você dormir e trarão sempre gente para dentro de casa, perdendo a privacidade. Namorados podem te roubar o quarto por vários dias. Nerds demais não deixarão você curtir tua música e nem tomar umas…

Como havia dito, dividir casa é uma arte complicada. Aliás, complicadíssima! Boa sorte…

Michel P. Zylberberg
www.rodandopelomundo.com

Curta e siga:

Michel Zylberberg

Criei o blog em 2006 para compartilhar as minhas andanças pelo mundo, já rodei por mais de 20 países e gosto de incentivar as pessoas a conhecerem o que esse mundão maravilhoso tem a oferecer! Conto com a colaboração de amigos e convidados para poder trazer um conteúdo relevante e interessante, sempre junto com a minha grande paixão - a fotografia.