Ganhos e perdas do dia a dia



Nos últimos dias experimentei duas sensações bem distintas.

A primeira com o nascimento da filha de um amigo brasileiro que mora por aqui e outra com um outro amigo brasuca que me ligou ontem dizendo que a sua mãe havia falecido no Brasil e ele estava tentando um vôo para ir ao velório.

Muitos casais com os filhos já grandes passam boa parte da vida esperando pelo nascimento dos netos. Mas os pais do meu amigo estão no Brasil e não puderam curtir esse momento e os primeiros dias do bebê.

Já a perda de alguém que está longe aumenta ainda mais a dor. Além de muitas vezes a vida nos surpreender sem dar a chance de dar o último adeus. Ou pior, quando a relação era conturbada e sem demonstrações de amor e carinho.

Como faz sempre nosso amigo Thiago Victor, cito o trecho de uma música do D2: “A vida é um eterno perde e ganha, um dia a gente perde no outro a gente apanha”.

A escolha de deixar tudo para trás é sempre muito difícil. Reiniciar uma nova vida, novos amigos e cultura diversa. Procurar emprego, aprender uma outra língua, estudar…

Mas de uma coisa tenho certeza, é muito melhor arriscar do que sempre viver com medo.

Parabéns pela neném, pêsames pela mãe e uma boa semana para todos!

Paz!!! Michel P. Zylberberg
www.rodandopelomundo.com

Créditos das imagens usadas para colagem:
Dario Sanches / Renato Alarcão

Curta e siga:

Michel Zylberberg

Criei o blog em 2006 para compartilhar as minhas andanças pelo mundo, já rodei por mais de 20 países e gosto de incentivar as pessoas a conhecerem o que esse mundão maravilhoso tem a oferecer! Conto com a colaboração de amigos e convidados para poder trazer um conteúdo relevante e interessante, sempre junto com a minha grande paixão - a fotografia.