ir esquecendo do voltar…



“Ir esquecendo do voltar…”, uma frase que soa meio estranha, mas que representa um problema que acontece muito com quem tenta a vida em outro lugar.

Muitos vão esquecendo de voltar, até aí tudo bem. Mas quando se trata ‘do voltar’, aí pode complicar.

Um amigo trancou a faculdade no sul do Brasil, largou tudo e foi para Austrália. Trabalhou em bares, fez uma grana legal e depois passou um ano completo rodando pelo mundo!

Mas depois da viagem, como o dinheiro tinha acabado e não tinha mais o visto australiano, teve que voltar para a casa dos pais no Brasil.

Retorno difícil, uma vez que estava habituado a viver livre e fazer as próprias escolhas. Nunca é fácil.

Acabou largando a faculdade porque não queria mais o curso que tinha escolhido.

A idéia fixa de partir para o mundo novamente atormentava, junto aos projetos de escrever um livro ou publicar histórias das suas andanças pelo mundo.

Um exemplo entre os muitos que existem por aí.

Aqui no blog costumo falar sempre da parte boa de viajar, das portas que se abrem, novos mundos e culturas. Mas ‘ir esquecendo do voltar’ pode acabar complicando muito a vida.

Outro ponto importantíssimo é a carreira. Fazer grana até lavando prato pode ser bom, mas e depois?

Teus amigos já terão mais experiência na área e pode pesar. Claro que falar uma outra língua pode pesar ainda mais na hora de encontrar um emprego. Bote tudo na balança e pese.

Esse meu amigo ainda está tentando reencontrar o caminho, o destino. Espero que encontre em breve porque é uma pessoa que considero e que me ajudou muito.

Mas, já que você chegou até a este ponto do texto esperando uma conclusão, posso dizer que eu fui esquecendo do voltar e acabei não voltando. Achei um outro caminho, o da felicidade.

E – felizmente – posso dizer sempre que nunca tive medo de tentar!

Apenas tenha em mente que ‘tudo que você faz, um dia volta para você’.

Grande abraço e muita paz!

Michel P. Zylberberg
www.rodandopelomundo.com

Curta e siga:

Michel Zylberberg

Criei o blog em 2006 para compartilhar as minhas andanças pelo mundo, já rodei por mais de 20 países e gosto de incentivar as pessoas a conhecerem o que esse mundão maravilhoso tem a oferecer! Conto com a colaboração de amigos e convidados para poder trazer um conteúdo relevante e interessante, sempre junto com a minha grande paixão - a fotografia.
  • Pingback: Para refletir: A viagem como um produto perfeitoRodando Pelo Mundo()

  • Rosemeri

    Resido no Reino Unido a 12 anos..tenho uma filha de 6 anos nascida aqui….Mas estou naquela crise de querer voltar ao Brasil
    Ja nao aguento estes invernos rigorosos.
    Mas por ver amigos indo embora e tendo que fazer terapia para se adaptar ao Brasil isso me preocupa muito.

    Nao quero esta educacao daqui pra minha filha no quesito liberdade sexual dos 11 anos em diante…
    Depois penso na viloencia nas difilculdades do Brasil por ex:ladrao traficante e assassino sem punicao etc etc,e isso me confunde muito.etc etc
    Mas nao esqueco que foi de la que vim aos meus 34 anos.
    Em fim voltar ou nao voltar…?esta e a questao…
    Adorei o blog d vcs.
    encontrei nestas minhas duvidas…
    aquele abraco. ”)

    • Oi Rosemeri, obrigado pela mensagem! Realmente existem vantagens e desvantagens em todos lugares, mas precisamos decidir o melhor pra nós e nossa família!
      Tenho certeza que você encontrará a decisão certa!
      Abraço e paz, Michel

  • Penso sempre nisso. Vou em junho pro Canadá pra estudar, mas quero fazer coisas na sequência, primeiro o curso, o estágio, se possível uma pós, mais um estágio e por aí vai. De em algum momento eu tiver que sair dessa linha de carreira que já tenho repenso o voltar.
    Mas enfim, acho que cada um tem a sua forma de fazer a vida. Tem que colocar na balança mesmo e seguir em frente. ;)

  • Gracias Michel.
    Estou publicando todos os dias, é que ontem tive um problemaço técnico, primeiro meu blog desapareceu, depois não apareciam algumas entradas, uma loucura! É que minha migração ao domínio está sendo meio traumatizante (risos)
    Beijos e desfruta muito da terrinha!

  • Ae Thiagão, legal que curtiu o post!!
    Brasil ainda não, tô indo no fim do mês!!!
    Jajá a gente toma todas por aí!! Não vejo a hora e tomar uma Original trincando!!!
    Abração e mta paz ae tb!!
    Valeu, Michel

  • Ae Thiago Victor!!
    Verdade cara, as vezes é melhor tomar uma atitude no impulso, no pressentimento que todo o resto conspira a nosso favor!!
    Tá chegando o grande dia, quero nem ver a quebradeira!!!!!!!
    Tô na correria grande aqui, mas vou mandando notícias!!
    Abraaaaço
    Michel

  • Oi Pat, pelo jeito você também anda sem tempo de atualizar o blog, mas continua sempre muito legal!!

    Atualizei teu endereço, desculpa pela demora. As coisas estão bem corridas aqui antes da ida ao Brasil, mas tá chegando a viagem!!

    Bjo e mta paz sempre!!!!!!
    Michel
    http://www.rodandopelomundo.com

  • Oi Michel preciso te pedir um favor, troca o endereço do meu blog pelo novo, que é http://www.turomaquia.com
    Beijos

  • Thiago G

    Fala Michel, poxa, to matutando tudo que vc mandou ai no post, muito loko…
    E ai kra, já tah no Brasil? qndo c chega? nao skece d avisa não ein pra gente toma akela cerveja, to t sperado irmauzaum!
    Muita paz.
    Abraço.

  • Thiago Victor

    E verdade maluco, a questão não e tão simples assim , nossas atitudes dizem pra onde iremos, cada decisão tomada gera uma ação e reação.O importante e fecha os olhos e tomar aquela decisão que te faz bem, ou a que acha certa, sempre com fe e acreditando, fica na paz malucão e ta chegando o dia hein …

  • Oi, você tem razão, o saber voltar e quando voltar é tão importante quanto ir! E depois que te passa mais de um ano em um lugar que não é teu país tudo fica meio confuso na vlta, saudades de lá, saudades do que tinha aqui e já não tem …
    Beijos