Um pequeno safari no quarteirão de casa



Exitem muitas pessoas que criticam os circos e como tratam os animais. Aqui do lado de casa tem um terreno onde vez ou outra armam a tenda e dessa vez aproveitei para tirar algumas fotos.

Apesar de todos os problemas que possam cercar a vida de circo, é hoje um dos poucos lugares onde as crianças ainda podem sonhar e os adultos sorrirem como crianças.

Eu não sou palhaço, mas ficaria feliz se conseguisse alegrar um pouco teu dia:

irmãos quase siameses

"adeus, não quero te ver nunca mais!"

pose de rei

"querendo ou não, eu ainda sou o rei disso tudo"

será que a Austrália fica pra lá?

"será que a Austrália fica pra lá?"

depois da vaca louca, tem a cabra louca

"ninguém resiste ao meu charme"

acho que é melhor não...

"Qualé, vai encarar cumpadi?"

"se pudesse almoçava esse babaca tirando foto"

"se pudesse almoçava esse babaca tirando foto"

eita cafunézinho bom, sô...

"eita cafunézinho bom, sô..."

"esse torcicolo ainda me mata"

"esse torcicolo ainda me mata"

"tô com meleca no nariz?"

"tô com meleca no nariz?"

"não quero ir embora e te deixar aqui..."

"toda vez que eu me apaixono, tenho que partir..."

Foi bem legal tirar algumas fotos e poder curtir alguns momentos de tranquilidade. Um pequeno safari no quarteirão de casa.

O post passado sobre segurança já foi pesado demais, então esse será assim, sem maiores reflexões… :)

Grande abraço e muita paz sempre! E alegria!

Michel P. Zylberberg
www.rodandopelomundo.com

Curta e siga:
Avatar

Michel Zylberberg

Criei o blog em 2006 para compartilhar as minhas andanças pelo mundo, já rodei por mais de 20 países e gosto de incentivar as pessoas a conhecerem o que esse mundão maravilhoso tem a oferecer! Conto com a colaboração de amigos e convidados para poder trazer um conteúdo relevante e interessante, sempre junto com a minha grande paixão - a fotografia.