Rodando pelo Havaí (Hawaii) – a preparação



“You can’t really understand Barack until you understand Hawaii.” Michelle Obama

Aloha! Decidi começar o post com essa frase, mas não estamos aqui para falar do filho mais ilustre do Havaí – Barack Obama – e sim desse lugar incrível onde ele nasceu em 1961.

O que vem em mente quando pensa em Havaí? Praias, ondas gigantes, paraíso turístico, esportes de aventura, vulcões, música surf e o destino dos sonhos de boa parte do mundo?

Bom, você estava certo! Não é a toa que foi o destino escolhido pelos leitores, batendo a Cuba de Fidel e a Jamaica do nosso tio Bob.

Localizado em um arquipélago no meio do Oceano Pacífico, é um dos 50 estados – e o mais isolado – da terra do Tio Sam, do Presidente Obama, do Homer Simpsom… bom, dos Estados Unidos da América.

rodandopelomundo_hawaii

“Ilhas Sanduíche”, nome histórico do arquipélogo que forma o Havaí, era povoado por polinésios até 1810, quando Kamehameha I instituiu uma monarquia e centralizou o governo. Virou república em 1894 e em 1898 – como sempre – os EUA invadiram militarmente, tornando-se território americano em 1900.

Fazem parte do “Sanduíche” 132 ilhas, sendo que apenas as oito maiores são habitadas. Todas foram formadas por vulcões. O Parque Nacional dos Vulcões é Patrimônio Mundial.

O clima é tropical, quente o ano todo. A temperatura fica entre 21/27 graus no verão e 18/25 graus no inverno.

Os maiores grupos étnicos são japoneses, filipinos, alemães, nativos e portugueses (!) e o cristianismo domina com cerca 70%, sendo que quase 20% não tem religião.

Como é de se imaginar, o turismo é a principal fonte de renda, com milhões de turistas – durando o ano todo – visitando suas belas praias e o aproveitando o clima ameno. A grande maioria dos turistas são os próprios americanos, mas estrangeiros também são frequentes por lá, com destaque para os japoneses.

“A Dança Havaiana, conhecida como Hula, é uma tradição passada de geração à geração, que remonta do Período Histórico Matriarcal. Ela é a interpretação de um texto poético, logo, o conhecimento do canto, conhecido por mele, é que gera a base para um repértório rico em movimentos, repleto de significados e variações. No Havaí, ela não é apenas uma dança, mas um estilo de vida baseado numa religião ancestral de seu povo, com cantos e variedades de ritmo, rica em acessórios naturais, totalmente baseada numa Mitologia repleta de lendas, orações e amor à Mãe Natureza. Trata-se de uma dança devocional, que assumiu caráter de performance após a ocupação estrangeira no Havaí.” (Wikipedia.org)

As maiores ilhas são Kauai, Niihau, Oahu, Molokai, Lanai, Kahoolawe, Maui e a Ilha Grande do Hawaii. A capital é a famosa Honolulu, localizada na ilha de Oahu.

Oahu: Significa “lugar de reunião”. É a ilha mais movimentada, uma mistura de modernidade, cultura e belezas naturais. Da turística praia de Waikiki à selvagem North Shore, um dos mais preferidos destinos para os surfistas de todo o mundo. Tem ainda lembranças de Pearl Harbour e as origens da cultura polinesiana. O giro da ilha dura cerca 8 horas com um ônibus turístico.
Maui: Atrações turísticas em mar e em terra, com suas florestas tropicais e praias de areia preta. Para quem ama esportes aquáticos, do surf ao mergulho, é o lugar ideal. O ditado local diz: ‘Maui no ka oi’ ou ‘Maui é o máximo’. *Uma tradição obrigatória (…) é subir até seu pico às 3h para ver o nascer do sol (…) e depois descer de bicicleta os 61km de ziguezagues da Haleakala Crater Road (…).
Kauai: Um dia inteiro girando pelas belezas naturais da ilha, como os Canions de Waimea através e rochas multicoloridas. Suas cachoeiras e grotas acabaram fazendo da ilha o lugar mais romântico do Havaí. Foi cenário de filmes como Jurassic Park, Feitiço Havaiano, King Kong e A Ilha da Fantasia. A sua população é considerada a mais simpática do Havaí.
Ilha Grande: A maior das ilhas, com seus vulcões ativos, é o lugar ideal para quem curte trekking, caiaque e outros esportes do tipo. A sua variação climática permite de esquiar e surfar no mesmo dia!

“Na língua havaiana Aloha significa muito mais do que “alô” e “adeus” ou “amor”. Seu significado maior é: compartilhar (alo) com alegria (oha) da energia da vida (ha) no presente (alo)”. (Texto completo sobre ‘Aloha’ aqui)

Para quem curte boa música, deixo o vídeo da música ‘Somewhere Over The Rainbow’. O cantor (falecido em 97) é o artista mais famoso da ilha, chamado Israel Kamakawiwo’Ole, o ‘IZ’:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=0ltAGuuru7Q[/youtube]

Como eu não trabalho na área de turismo, deixo as dicas dos usuários do TripAdvisor para os Top5 do Havaí:

Hotéis:
1. Paia Inn Hotel
2. Four Seasons Resort Maui at Wailea
3. Honua Kai Resort & Spa
4. Koa Kea Hotel & Resort
5. Mauna Lani Bay Hotel & Bungalows

B&Bs:
1. Honu Kai B&B
2. Volcano Village Lodge
3. Waianuhea Bed & Breakfast
4. Coconut Cottage Bed & Breakfast
5. Bamboo Orchid Cottage Bed & Breakfast

Atrações:
1. Wings Over Kauai Tours
2. Oahu Diving
3. Hawaiian Fire Surf School
4. Rainbow Scuba Hawaii
5. North Shore Surf Girls

Leia também: Rodando pelo Havaí (Hawaii) – Surf

Para uma giro virtual de 360 graus: http://hawaii.arounder.com/
Site oficial de turismo (em inglês): http://www.gohawaii.com/
Para os aventureiros (em inglês): http://www.bigisland.org/
TripAdvisor: http://www.tripadvisor.com/
Belo blog havaiano (em inglês): http://blog.hawaiigaga.com/
As 10 praias mais bonitas: Uma Malla pelo Mundo

Fontes de pesquisa (e fotos): Wikipedia.org, Catálogo Kuoni, *livro ‘1.000 Lugares para conhecer antes de morrer’, TripAdvisor, Google e talvez outras que não lembro, mas terei prazer em divulgar aqui – antes que alguém queira me processar! :)

Bom, acho que já deu para conhecer um pouco mais, né? :D se tiver mais alguma dica legal não deixe de mandar um comentário!

Em breve a próxima pesquisa com mais 3 lugares famosos espalhados pelo mundo!

Abraços e paz,

Michel P. Zylberberg
www.rodandopelomundo.com

Curta e siga:

Michel Zylberberg

Criei o blog em 2006 para compartilhar as minhas andanças pelo mundo, já rodei por mais de 20 países e gosto de incentivar as pessoas a conhecerem o que esse mundão maravilhoso tem a oferecer! Conto com a colaboração de amigos e convidados para poder trazer um conteúdo relevante e interessante, sempre junto com a minha grande paixão - a fotografia.