Dinheiro é feito pra…?



Estava lendo uma reportagem interessante em uma revista local falando da relação dos suíços com o dinheiro e as brigas por heranças.

Uma coisa que já sabia é que aqui muita gente passa a vida inteira como se não tivesse dinheiro, pedindo emprestado, fazendo sacrifícios, quando na verdade escondem milhares de francos (a moeda daqui) nos bancos. Morrem como pobres milionários pelo medo de ficarem realmente pobres um dia.

A relação é doentia, uma coisa generalizada. Não é só um daqueles velhinhos mãos-de-vaca espalhados por aí. É uma coisa crônica. Como ter uma Ferrari na garagem e viajar sempre com um triciclo. E o pior – não aproveitando a vida.

Existem também muitos casos famosos de heranças. Um ricão aqui da cidade acreditava tanto em vida após a morte que deixou a sua herança para si mesmo! Ou deixam para animais, instituições, igrejas… Para os filhos? Muitas vezes nadica de NADA!

A ligação das famílias aqui é algo muito superficial, mecânico. Geralmente pais e filhos nem se falam, os asilos estão lotados de velhinhos solitários e depressos (e, muito provavelmente, ricos).

Uma amiga que trabalha fazendo faxina na casa de alguns desses velhinhos me contou que ela geralmente é a única pessoa que eles conversavam! Algo que na nossa cultura ou, por exemplo, na cultura italiana é algo muito menos presente.

Claro que no Brasil a questão dos idosos é algo sempre mais crítico, mas acredito que a Suíça nesse sentido é muito pior. Tenho orgulho de ter uma família muito unida e ainda ser casado com uma italiana, com uma grande segunda família agregada!

Bom, fiquem tranquilos que não escondo nada no banco – e nunca vou bater na porta de vocês pedindo um trocado! Podem pedir uma cerveja e 4 copos, por minha conta!!!

Grande abraços e muita paz!

Michel P. Zylberberg
www.rodandopelomundo.com

Curta e siga:
Avatar

Michel Zylberberg

Criei o blog em 2006 para compartilhar as minhas andanças pelo mundo, já rodei por mais de 20 países e gosto de incentivar as pessoas a conhecerem o que esse mundão maravilhoso tem a oferecer! Conto com a colaboração de amigos e convidados para poder trazer um conteúdo relevante e interessante, sempre junto com a minha grande paixão - a fotografia.