Desembarcando no paraíso dos cangurus

Desembarcando no paraíso dos cangurus

Olá, todos que acompanham o Rodando Pelo Mundo. Foi com muito prazer que recebi o convite para colaborar com este post para o blog do meu amigo Michel. Aqui, contarei um pouco das primeiras impressões da Austrália. De começo, garanto que o RPM me ajudou com informações importantes nas minhas pesquisas pré-viagem.

Estou passando uma temporada na Austrália para aprimorar o idioma e, claro, curtir um pouco deste país, já que esta é minha primeira oportunidade de sair do Brasil. Reunir planejamento financeiro, roteiro, objetivo e foco nestes objetivos é certeza de sucesso e ótimo aproveitamento da sua “trip”.

Escolhi a Austrália porque é um país com um clima semelhante ao do Brasil: calor no verão e não muito frio no inverno, pelo menos aqui na Gold Coast, cidade/praia escolhida para esta temporada. Em alguns pontos ao Sul do país, o inverno é rigoroso e neve não falta, perfeito para quem gosta de esquiar nas montanhas.

Escolhi também porque tenho amigos aqui, inclusive minha namorada, Mônica, que está estudando pós-graduação, e outros que, no Brasil, sempre me indicavam o país para estudar inglês. O período de estadia não é muito longo, oito meses de visto, com possibilidade de extensão deste visto para o tempo que desejar, caso os planos se multipliquem por aqui.

Logo que cheguei, a primeira impressão foi de um país organizado, limpo e educado, já que o transporte público funcionou no horário, havia muitas lixeiras para coleta seletiva e o povo disposto a te fornecer qualquer tipo de informação.

Quanto ao idioma, o meu inglês não era dos melhores, mas o pouco que sabia me ajudou muito. Escolhi não ir para uma “homestay” porque já tinha feito alguns contatos com alguns amigos residentes que me ofereceram estadia temporária. E já planejava morar com minha namorada, instalada na cidade há quatro meses, o que facilitou a minha adaptação.

Como sabia que, quando a temporada de estudos começasse o meu tempo ficaria escasso para aproveitar algumas viagens curtas dentro do país, aproveitamos para fazer algumas “obrigações” logo que cheguei. Já saí do Brasil com uma passagem pra conhecer Sydney no ano-novo, por exemplo.

Já acompanhado, conhecemos Brisbane. Andamos bastante pela cidade, que é grande, mas não tem praia, porém com um clima ótimo. Lá, pegamos um trem e saímos em South Bank, lugar perfeito para passar um dia inteiro curtindo o local.

Em poucos dias já estávamos em Sydney. Belíssima cidade, turística, com vários lugares para passear, inclusive lindas praias, como a famosa Bondi Beach. A Vila Olímpica também foi uma ótima escolha. Impressão de ver pessoas do mundo inteiro por lá, menos australianos. Chineses, indianos e brasileiros são maioria.

Ao voltar, agora para a Gold Coast, a prioridade era conhecer o maior número de praias possível. Já tínhamos preparado um roteiro bacana. Com uma “highway” que cruza toda a cidade, é só pegar um ônibus e descer no ponto desejado. Fácil! Uma praia mais linda que a outra, difícil eleger a melhor. Mas Coolangatta me surpreendeu. Não é à toa que é uma das preferidas dos surfistas, com ondas perfeitas. É a primeira do Circuito Mundial de Surfe, o Quiksilver Pro, onde os melhores do mundo estarão por lá para esta competição.

Comprei uma bicicleta por AU$ 100. Perfeito para me locomover e conhecer cada cantinho da cidade. Bom também para economizar com o transporte, que não é dos mais baratos. Caso você seja estudante universitário, terá um desconto considerável na tarifa da passagem.

Após dois meses, agora que começaram as aulas, é me concentrar para fazer valer o todo o investimento e curtir a troca de experiências com os novos colegas da Tailândia, Itália, Japão, Suíça, França, os árabes, os latinos, entre outros. Gostei do clima, das pessoas e da estrutura da cidade. Aproveitar o tempo livre também é obrigação. Estou passando por excelentes momentos da minha vida aqui.

Espero que tenham gostado. Aproveitem também para ler os posts do Michel aqui da Austrália. São dicas e informações preciosas para que têm a intenção de sair do Brasil.

Até logo! Arnaldo Borges

NOTA DO BLOG: Agradeço com muita honra essa colaboração do meu grande amigo Arnaldo! Para acompanhar as novidades desse casal irado se aventurando em terras australianas, basta seguir os perfis deles no Twitter: Arnaldo Rafael Borges (Bra) @ArnaldoRBorges | Mônica Valentin @movalentin e também o blog muito legal da Mônica com tudo sobre essa temporada deles na Austrália: http://mecurte.wordpress.com

Grande abraço e muita paz!

Michel P. Zylberberg
www.rodandopelomundo.com

 

Post to Twitter

There are 11 comments for this article
  1. Debora Peçanha at 17:12

    Muito legal seu post!! Ano passado estive na Austrália e Nova Zelândia, e me identifiquei tanto com Sydney que, se não morasse na Croácia, seria minha atual residência! Ainda mais pra mim, que sou carioca criada na praia, amei tudo que conheci por la!

    • Arnaldo Borges at 15:17

      Olá, Debora!
      Que bom que gostou!
      Realmente foi uma experiência incrível e, como disse, Sydney é uma cidade muito boa, que não é gigantesca, porém tem todas as opções para quem gosta de cidade, praia e até um cantinho estilo interior.
      Antes de voltar ao Brasil, eu e minha namorada passamos uma semana passeando pela Ilha Norte da Nova Zelândia. Se tivéssemos mais tempo, faríamos a Ilha Sul. Foi muito bom!
      Agora, estamos em busca de outro sonho, o de viajar pela Europa. Croácia? Claro, será um prazer!
      Forte abraço e tudo de bom.

  2. Luis at 15:05

    Muito legal seu relato, Arnaldo. Austrália é um país que sempre me interessou, mas ainda não tive a oportunidade de conhecer. Parabéns pelo post e boa sorte no seu intercâmbio.

    • Arnaldo Borges at 15:25

      Olá, Luis. Obrigado pelo comentário.
      A Austrália foi um país que sempre me interessou também e só tenho ótimos relatos desta jornada.
      Desejo que que a oportunidade realmente bata à sua porta. Você não irá se arrepender!
      É a chance de conhecer pessoas e lugares que levará para o resto da sua vida em sua memória.
      Se acontecer, nos conte depois como é que foi sua experiência, ok?
      Um grande aBRAço

    • Arnaldo Borges at 8:23

      Valeu, Ivan! Com certeza você não irá se arrepender se um dia vier a conhecer a Austrália. Faça um plano bacana e a oportunidade será bem aproveitada. Grande aBRAço.

    • Arnaldo Borges at 8:20

      Muito obrigado, Ruthia! Sorte é uma coisa que temos que contar aqui para que tudo caminhe como desejado. Oportunidade de ouro como esta tem que ser aproveitada ao máximo mesmo. Forte aBRAço.

  3. Michael at 0:51

    Olá quase chará!

    Meu nome é Michael, e em minhas navegadas acabei caindo no seu blog. Me identifiquei bastante com o seu jeito de escrever, e adorei os seus destinos! Acho especialmente interessante ler sobre os lugares que eu também visitei… Tenho 27 anos, sou de Curitiba, recentemente fiz uma grande viagem pela Europa, e agora estou vivendo em Shanghai, na China. É uma experiência incrível!

    Também quero conhecer a Austrália e Cuba, lugares que você já foi… =)

    Se você (ou outro leitor) tiver interesse, eu escrevo cartas diárias sobre como é viver aqui na China, e sobre o estilo de vida dos viajantes independentes. Aqui: http://eepurl.com/ixjDY

    Obrigado, e aguardo novos posts seus!

  4. Marília Peixoto at 7:17

    OI, Arnaldo
    acho muito legal ver as primeiras impressões das pessoas quando chegam num lugar pra morar! No começo tudo é novo, depois a gente vai acostumando e as coisas passam a fazer parte da nossa rotina e de nós!
    Gostei muito do teu post e acho muito legal a ideia de o Michel compartilhar com amigos este espaço tão bacana!
    Abraço aos dois,
    Marília

    • Arnaldo Borges at 7:20

      Olá, Marília!
      Endosso suas letras: aos poucos faz parte da nossa rotina, uma rotina boa!
      Estou curtindo cada instante, pensando que em todos os dias aprendo uma coisa nova. Uma frase, uma pessoa que acabou de conhecer, um lugar bonito que vai te inspirar por um longo período.
      Obrigado pelo comentário. Que você aproveite sua vida, busque a felicidade.
      Até a próxima.
      Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>