Minha cidade, meu destino: Rio de Janeiro (Maurício Oliveira | Trilhas e Aventuras)



Quantas vezes você pensou em viajar dentro da própria cidade? Muitas vezes deixamos de aproveitar muitas coisas que estão debaixo dos nossos narizes, e foi por isto que convidei alguns amigos especiais para participarem da série “Minha cidade, meu destino”, onde cada um irá publicar 5 fotos e 5 dicas especiais.

O primeiro – e ilustre – convidado é Maurício Oliveira do portal Trilhas e Aventuras, que compartilha 5 super dicas do Rio de Janeiro – sem dúvida um dos lugares mais incríveis do mundo, cheio de atrações naturais e culturais pra todos os bolsos e gostos. Valeu Maurício, aqui vamos nós:

Fui convidado pelo grande amigo e blogueiro Michel, dono de um dos sobrenomes mais difíceis de escrever, para mostrar um pouco da cidade onde moro para vocês. Depois de um longo tempo sem postar, vai começar mais uma nova série de posts por aqui, que certamente será mais um sucesso, como tudo que o Zuckerberg faz… ops… Zylberberg! (Será que eles são parentes? hehehe).

Brincadeiras a parte, é uma honra escrever para um dos blogs que mais gosto dessa enorme gama de opções existentes hoje em dia. Selecionei alguns dos posts que eu mais gosto da minha cidade, o Rio de Janeiro, e apresento abaixo em forma de dicas rápidas e práticas. Se desejarem saber mais, fica desde já o convite para visitar meu blog e ler a matéria completa.

Meus roteiros no Rio de Janeiro

Café da Manhã no Parque Laje
Certamente um dos lugares mais gostosos para tomar um reforçado café-da-manhã no Rio. Existem outros lugares com belas paisagens, mas o Parque Laje não deixa nada a desejar. Minha dica é chegar lá cedinho e tentar sentar na beira da piscina. Dependendo do ângulo que você estiver dá pra tomar seu café olhando pro Cristo Redentor. E depois da comilança, recomendo dar uma volta no parque. O Parque Laje fica no bairro do Jardim Botânico.

As praias selvagens do Rio: Prainha, Grumari e Abricó
Todos que vem ao Rio de Janeiro só querem conhecer as praias tradicionais da zona sul (Copacabana, Ipanema e Leblon). Ok, eu entendo. Elas estão nos cartões postais da Cidade Maravilhosa, mas isso não significa que são as mais bonitas. Eu sempre recomendo aos amigos a visitarem a Prainha e Grumari. A praia de Abricó é uma praia de nudismo oficial para quem curte ficar em total contato com a natureza. Todas são acessíveis apenas de carro e são as favoritas dos surfistas e pessoas que desejam um pouco de exclusividade. Ficam depois da praia da Barra, Reserva e Recreio (também muito bonitas).

Galeria de arte e Instituto Moreira Salles
O Instituto Moreira Salles é uma atração para quem curte arte e tranquilidade. O local recebe sempre exposições, além de possuir outras fixas, e também exibe filmes em pequenas salas de cinema. A antiga residência da família Moreira Salles é hoje um centro cultural com mais de 10 mil m², sendo 3 mil m² construídos e no restante jardins projetados por Burle Marx. À beira da piscina também é possível tomar um delicioso café da manhã. A área do instituto possui WiFi grátis, estacionamento gratuito e total acesso a portadores de necessidades especiais. Fica no bairro da Gávea.

Favela Tour no Santa Marta
Esse é um dos posts mais visitados do blog. Também pudera, hoje em dia os turistas não querem apenas visitar pontos turísticos, eles buscam experiências e contato com a cultura local. E na Favela Santa Marta além de encontrar tudo isso, eles descobrem vistas exclusivas e paisagens belíssimas do Rio. É de cima do morro pacificado que temos a vista da Lagoa Rodrigo de Freitas, Cristo Redentor e Pão de Açúcar. Vale o clichê para expressar o sentimento que é de tirar o fôlego. Mas para mim, a Laje do Michael Jackson foi o ponto alto do passeio. Precisava dar um abraço nele e registrar uma foto com a mesma pose do cara que sou muito fã. O Favela Tour tem início na Praça Corumbá. Chegando lá procure o Centro de Informações ao Turista. Você pode subir pelo teleférico ou a pé (a experiência é muito melhor, recomendo).

Fuja do Rio e se perca no Centro Histórico de Paraty
Eu sei que a proposta era ficar apenas na cidade do Rio de janeiro, mas Paraty é tão perto da capital que acredito que vale a pena a viagem para conhecer esta cidadezinha tão charmosa. São apenas 4hs de carro ou ônibus para voltar ao passado, e percorrer ruas onde carruagens, escravos e senhores de engenho viveram. Ainda é possível ouvir o som das correntes, portas rangendo com o vento, ferraduras e carruagens levando os turistas para um passeio mágico no Centro Histórico. Paraty possui diversas opções de turismo, tais como passeios de barco, trilhas, cachoeiras, rios, tirolesas, e muito mais. Vale a pena!

Agradeço mais uma vez ao convite do amigo e digo que escrevi essa matéria no mesmo minuto que ele me pediu. Gosto de apoiar blogs que acredito que tem potencial para ir muito mais longe. E este é o caso do Rodando pelo Mundo. Vida longa ao blog e deixo o convite para vocês visitarem meu site, blog e redes sociais.

Um grande abraço a todos.
Maurício Oliveira

TRILHAS E AVENTURAS
Site: www.trilhaseaventuras.com.br
Blog: www.trilhaseaventuras.com.br/blog
Facebook: trilhaseaventuras / Twitter: aventureiros / Instagram: aventureiros

Confira aqui os outros posts da série “Minha cidade, meu destino”.

Curta e siga:

Michel Zylberberg

Criei o blog em 2006 para compartilhar as minhas andanças pelo mundo, já rodei por mais de 20 países e gosto de incentivar as pessoas a conhecerem o que esse mundão maravilhoso tem a oferecer! Conto com a colaboração de amigos e convidados para poder trazer um conteúdo relevante e interessante, sempre junto com a minha grande paixão - a fotografia.
  • Parque Laje é realmente uma ótima indicação para aquele café-da-manhã tranquilo e cercado de belas paisagens.
    http://www.brasiladentro.com.br/br/hoteis-pousadas/rio_de_janeiro

  • Olá, Maurício!
    Muito bacana a sua matéria sobre o Rio. Sou carioca também e amo essa cidade!
    Morei um tempo em Coimbra – Portugal, e, depois de rodar um tempo pelos países próximos, pensei: “bizarro como aqui eu me esforço a beça para conhecer tudo e no Rio tem um monte de coisa que não conheço”.
    Depois que voltei, finalmente fui à Pedra da Gávea, ao Mirante Dona Marta e à Grumari. Três pontos imperdíveis da cidade que eu sempre deixava “pro dia seguinte”.
    Outras coisas que adorei e que nunca tinha feito foram um banho de cachoeira à noite nas paineiras (mas isso no carnaval, porque tinha gente lá) e uma visita à Feira das Yabás, em Madureira.
    E ta anotada a dica do Instituto Moreira Salles!

    Obrigada!

  • Nossa, está aí um tipo de turismo que muitas pessoas deveriam fazer. Elas investem em viagens para sair do país, o que é muito bom pois permite conhecer outras culturas, mas tem muita gente que não conhece direito a própria cidade, o que ela tem para oferecer.
    E podem ser coisas muito importantes.
    Ideia genial, e como carioca, pode ser bem interessante… quem sabe posso encaixar futuras trilhas no meu destino fotográfico?
    Sinto até vergonha às vezes de dizer: sou carioca, mas nunca visitei o Parque Lage ou o Cristo.
    Estas fotos são de sua autoria? Belíssimas.
    Concordo, e também entendo, mas há tantas praias lindas pelo Rio, e o melhor de tudo: vazias!

    Adorei o post, pois não é sempre que encontramos dicas culturais! Em um dia que foi muito especial, fui ao CCBB, ao Parque das Ruínas, andei de bondinho e tudo, conheci uma parte maravilhosa do Rio de Janeiro que eu não conhecia. Um dia, espero refazer este trajeto… Valeu a pena conhecer a grande cidade onde moro.
    Como fotógrafa, é uma grande vontade visitar as favelas pacificadas do Rio, rendem belas fotografias. Do tipo que emociona.
    Paraty não deve ser muito diferente, e deve proporcionar as mesmas sensações.

    Belíssimo post, não cansa a leitura… adorei!
    Sucesso, para os dois blogs!

    • Obrigado pela mensagem, achei bem legal! Acho que conseguimos passar exatamente a essência da ideia dessa série, dicas rápidas e belas fotos! Espero que ajude nas tuas próximas aventuras e fotos!

      As fotos publicadas são todas do Maurício, é um artista! Foi um prazer poder compartilhar as dicas dele por aqui!

      Abraço e paz, Michel

  • Muito bom Michel! Essa é mais uma super série que tenho certeza que vai bombar o blog com dicas deliciosas de diversas cidades.
    Grande abraço e vida longa aos blogs de viagem!

    • Valeu mais uma vez Maurício, ainda mais estreando essa série com o pé direito e belas dicas da nossa cidade maravilhosa! Agora é aguardar mais dicas do resto da turma!
      Abração, muito sucesso e muita paz!
      Michel