Rodando por St. Moritz, um dos principais destinos turísticos da Suíça (parte 3 – Muottas Muragl)



Saímos de St. Moritz de carro, depois de um passeio guiado pelo centro da cidade, seguindo a estrada que leva até Pontresina. Pouco menos de 5 quilômetros depois chegávamos na estação de Punt Muragl, onde pegamos um trenzinho (funicular). No primeiro minuto, dos 10 de subida, já dava para ter uma ideia da incrível paisagem que nos aguardava no destino final – um panorama de tirar o fôlego!

rodandopelomundo_muottasmuragl01p

rodandopelomundo_muottasmuragl02p

rodandopelomundo_muottasmuragl03p

rodandopelomundo_muottasmuragl04p

rodandopelomundo_muottasmuragl05p

Depois de uns 2 quilômetros chegávamos ao Romantik Hotel Muottas Muragl. Construído em um ponto estratégico da região de Engadine St. Moritz, o hotel foi completamente renovado e ampliado em 2010 e hoje é um destaque em relação ao sistema de utilização de energia elétrica (Energia Plus) e ao cuidado ambiental – uma tendência suíça.

rodandopelomundo_muottasmuragl06p

rodandopelomundo_muottasmuragl07p

rodandopelomundo_muottasmuragl08p

rodandopelomundo_muottasmuragl16p

rodandopelomundo_muottasmuragl15p

Como ainda era cedo para almoçarmos, aproveitamos para passear um pouco mais ao redor do hotel. Um mar de neve completamente branco, de um brilho tão intenso que os olhos quase se fechavam instintivamente. Mas era impossível não se render à beleza daquele véu que se perdia no horizonte, observado de 2.456 metros de altitude.

rodandopelomundo_muottasmuragl17p

rodandopelomundo_muottasmuragl10p

rodandopelomundo_muottasmuragl20p

rodandopelomundo_muottasmuragl24p

rodandopelomundo_muottasmuragl22p

Com tamanha beleza, Muottas Muragl sempre encantou os visitantes nesses mais de 100 anos de história do trenzinho. Durante o inverno – que foi o nosso caso – a neve é prensada para que a caminhada se torne mais acessível, e pessoas de todas as idades percorrem os 7 quilômetros do Sentiero dei filosofi (Caminho dos filósofos), até o lago congelado Lej Muragls. O percurso é bem sinalizado e o panorama ganha ainda mais charme por ser cercado também de arte e filosofia. Ao contrário de St. Moritz e outras montanhas da região, em Muottas não existe esqui ou snowboard, mas uma boa opção de diversão para a família é um tobogã de neve de 4,2 km, são 705 metros de altitude de descida em pequenos trenós (slitta, em italiano).

rodandopelomundo_muottasmuragl09p

rodandopelomundo_muottasmuragl11p

rodandopelomundo_muottasmuragl21p

rodandopelomundo_muottasmuragl23p

rodandopelomundo_muottasmuragl19p

No verão a paisagem muda, mas existem ainda mais opções de percursos para caminhadas. Para as crianças, bem atrás do hotel existe um parquinho de diversão e para os jovens e adultos, WIFI grátis em vários pontos da montanha. Pode compartilhar as fotos dignas de cartão postal com a família e amigos sem medo de conta salgada no fim do mês.

rodandopelomundo_muottasmuragl18p

rodandopelomundo_muottasmuragl_r11p

rodandopelomundo_muottasmuragl13p

rodandopelomundo_stmoritz_07p

rodandopelomundo_muottasmuragl_r01p

A fome bateu e voltamos para o Hotel. O clima ainda era muito bom e a varanda panorâmica muito convidativa, mas como estávamos com a neném acabamos escolhendo almoçar na parte interna do restaurante. No menu uma mistura da cozinha regional com a mediterrânea.

rodandopelomundo_muottasmuragl_r05p

rodandopelomundo_muottasmuragl_r06p

rodandopelomundo_muottasmuragl_r07p

rodandopelomundo_muottasmuragl_r09p

rodandopelomundo_muottasmuragl_r10p

Escolhemos um bom vinho para degustar enquanto curtíamos a paisagem na janela, que parecia uma obra de arte exposta na parede. Os pratos e o sabor refletiram tudo que havíamos vivenciado até o momento, cuidado para não ficar com água na boca ao ver as fotos! Escolhi zuppa di farro (sopa de espelta) e rösti con sminuzzato di manzo (batata com carne de boi picada).

rodandopelomundo_muottasmuragl_r02p

rodandopelomundo_muottasmuragl_r04p

rodandopelomundo_muottasmuragl25p

rodandopelomundo_muottasmuragl26p

rodandopelomundo_muottasmuragl27p

Se você se rendeu e quer conhecer esse lugar incrível, deixo algumas informações úteis: O Romantik Hotel Muottas Muragl (e os restaurantes) funcionam todos os dias, tanto no verão quanto no inverno. Os horários do trenzinho coincidem com a abertura do Hotel – das 7:45 até as 23:00. Para quem quiser passar a noite, o hotel conta com 16 quartos. Para informações atualizadas acesse o site do hotel.

Verão 2013: 8 de junho – 20 outubro
Inverno 2013/14: 14 de dezembro – 30 de março

Como chegar: A região fica no triângulo entre Zurique (Suíça), Milão (Itália) e Munique (Alemanha) e é facilmente acessível pela “Ferrovia Retica (RhB)” ou de carro – 200 km de Zurique, 175 km de Milão e 300 km de Munique. 

Links úteis:
engadin.stmoritz.ch – muitas informações sobre Muottas Muragl e região
www.sbb.ch – para informações sobre horários e preços de trens acessar

Agradeço mais uma vez o apoio da Engadin St. Moritz e Suíça Turismo que, através dos parceiros citados acima, nos apoiaram nessa aventura. Confira como foi a nossa viagem no link abaixo, espero te rever em breve por aqui com o quarto post dessa série sobre a incrível região de St. Moritz!

Leia também aqui no blog:
Rodando por St. Moritz | parte 1 – a viagem

Rodando por St. Moritz | parte 2 – Snowboard

Grande abraço e muita paz,

Michel P. Zylberberg
www.rodandopelomundo.com
facebook / twitter

Curta e siga:

Michel Zylberberg

Criei o blog em 2006 para compartilhar as minhas andanças pelo mundo, já rodei por mais de 20 países e gosto de incentivar as pessoas a conhecerem o que esse mundão maravilhoso tem a oferecer! Conto com a colaboração de amigos e convidados para poder trazer um conteúdo relevante e interessante, sempre junto com a minha grande paixão - a fotografia.