Rodando por St. Moritz, um dos principais destinos turísticos da Suíça (parte 3 – Muottas Muragl)



Saímos de St. Moritz de carro, depois de um passeio guiado pelo centro da cidade, seguindo a estrada que leva até Pontresina. Pouco menos de 5 quilômetros depois chegávamos na estação de Punt Muragl, onde pegamos um trenzinho (funicular). No primeiro minuto, dos 10 de subida, já dava para ter uma ideia da incrível paisagem que nos aguardava no destino final – um panorama de tirar o fôlego!

rodandopelomundo_muottasmuragl01p

rodandopelomundo_muottasmuragl02p

rodandopelomundo_muottasmuragl03p

rodandopelomundo_muottasmuragl04p

rodandopelomundo_muottasmuragl05p

Depois de uns 2 quilômetros chegávamos ao Romantik Hotel Muottas Muragl. Construído em um ponto estratégico da região de Engadine St. Moritz, o hotel foi completamente renovado e ampliado em 2010 e hoje é um destaque em relação ao sistema de utilização de energia elétrica (Energia Plus) e ao cuidado ambiental – uma tendência suíça.

rodandopelomundo_muottasmuragl06p

rodandopelomundo_muottasmuragl07p

rodandopelomundo_muottasmuragl08p

rodandopelomundo_muottasmuragl16p

rodandopelomundo_muottasmuragl15p

Como ainda era cedo para almoçarmos, aproveitamos para passear um pouco mais ao redor do hotel. Um mar de neve completamente branco, de um brilho tão intenso que os olhos quase se fechavam instintivamente. Mas era impossível não se render à beleza daquele véu que se perdia no horizonte, observado de 2.456 metros de altitude.

rodandopelomundo_muottasmuragl17p

rodandopelomundo_muottasmuragl10p

rodandopelomundo_muottasmuragl20p

rodandopelomundo_muottasmuragl24p

rodandopelomundo_muottasmuragl22p

Com tamanha beleza, Muottas Muragl sempre encantou os visitantes nesses mais de 100 anos de história do trenzinho. Durante o inverno – que foi o nosso caso – a neve é prensada para que a caminhada se torne mais acessível, e pessoas de todas as idades percorrem os 7 quilômetros do Sentiero dei filosofi (Caminho dos filósofos), até o lago congelado Lej Muragls. O percurso é bem sinalizado e o panorama ganha ainda mais charme por ser cercado também de arte e filosofia. Ao contrário de St. Moritz e outras montanhas da região, em Muottas não existe esqui ou snowboard, mas uma boa opção de diversão para a família é um tobogã de neve de 4,2 km, são 705 metros de altitude de descida em pequenos trenós (slitta, em italiano).

rodandopelomundo_muottasmuragl09p

rodandopelomundo_muottasmuragl11p

rodandopelomundo_muottasmuragl21p

rodandopelomundo_muottasmuragl23p

rodandopelomundo_muottasmuragl19p

No verão a paisagem muda, mas existem ainda mais opções de percursos para caminhadas. Para as crianças, bem atrás do hotel existe um parquinho de diversão e para os jovens e adultos, WIFI grátis em vários pontos da montanha. Pode compartilhar as fotos dignas de cartão postal com a família e amigos sem medo de conta salgada no fim do mês.

rodandopelomundo_muottasmuragl18p

rodandopelomundo_muottasmuragl_r11p

rodandopelomundo_muottasmuragl13p

rodandopelomundo_stmoritz_07p

rodandopelomundo_muottasmuragl_r01p

A fome bateu e voltamos para o Hotel. O clima ainda era muito bom e a varanda panorâmica muito convidativa, mas como estávamos com a neném acabamos escolhendo almoçar na parte interna do restaurante. No menu uma mistura da cozinha regional com a mediterrânea.

rodandopelomundo_muottasmuragl_r05p

rodandopelomundo_muottasmuragl_r06p

rodandopelomundo_muottasmuragl_r07p

rodandopelomundo_muottasmuragl_r09p

rodandopelomundo_muottasmuragl_r10p

Escolhemos um bom vinho para degustar enquanto curtíamos a paisagem na janela, que parecia uma obra de arte exposta na parede. Os pratos e o sabor refletiram tudo que havíamos vivenciado até o momento, cuidado para não ficar com água na boca ao ver as fotos! Escolhi zuppa di farro (sopa de espelta) e rösti con sminuzzato di manzo (batata com carne de boi picada).

rodandopelomundo_muottasmuragl_r02p

rodandopelomundo_muottasmuragl_r04p

rodandopelomundo_muottasmuragl25p

rodandopelomundo_muottasmuragl26p

rodandopelomundo_muottasmuragl27p

Se você se rendeu e quer conhecer esse lugar incrível, deixo algumas informações úteis: O Romantik Hotel Muottas Muragl (e os restaurantes) funcionam todos os dias, tanto no verão quanto no inverno. Os horários do trenzinho coincidem com a abertura do Hotel – das 7:45 até as 23:00. Para quem quiser passar a noite, o hotel conta com 16 quartos. Para informações atualizadas acesse o site do hotel.

Verão 2013: 8 de junho – 20 outubro
Inverno 2013/14: 14 de dezembro – 30 de março

Como chegar: A região fica no triângulo entre Zurique (Suíça), Milão (Itália) e Munique (Alemanha) e é facilmente acessível pela “Ferrovia Retica (RhB)” ou de carro – 200 km de Zurique, 175 km de Milão e 300 km de Munique. 

Links úteis:
engadin.stmoritz.ch – muitas informações sobre Muottas Muragl e região
www.sbb.ch – para informações sobre horários e preços de trens acessar

Agradeço mais uma vez o apoio da Engadin St. Moritz e Suíça Turismo que, através dos parceiros citados acima, nos apoiaram nessa aventura. Confira como foi a nossa viagem no link abaixo, espero te rever em breve por aqui com o quarto post dessa série sobre a incrível região de St. Moritz!

Leia também aqui no blog:
Rodando por St. Moritz | parte 1 – a viagem

Rodando por St. Moritz | parte 2 – Snowboard

Grande abraço e muita paz,

Michel P. Zylberberg
www.rodandopelomundo.com
facebook / twitter

Curta e siga:

Michel Zylberberg

Criei o blog em 2006 para compartilhar as minhas andanças pelo mundo, já rodei por mais de 20 países e gosto de incentivar as pessoas a conhecerem o que esse mundão maravilhoso tem a oferecer! Conto com a colaboração de amigos e convidados para poder trazer um conteúdo relevante e interessante, sempre junto com a minha grande paixão - a fotografia.
  • João Almeida Mazzeo

    Michel, incrível os seus passeios por St. Moritz, e o Blog esta show!
    Vou para Milão em agosto e pretendo fazer o passeio com o Bernina Express, vi que você fez o Glacier Express, tenho uma duvida na compra desses trens, eu gostaria MUITO em comprar o Bernina com o vagão das janelas panorâmicas, sou viciado em fotografia e se pegar um passeio desses no vagão comum vou ficar muito brabo ahahahah, vi na sua foto que você fez o percurso no panorâmico, como funciona a compra desse vagão? Pelo que eu procurei no site oficial da rhaetian não da a opção da compra do vagão e só do percurso. Isso deve ser comprado após comprar o bilhete do percurso?
    Já em St Moritz, encontro na internet uma opção melhor que a outra para almoçar, além desse hotel (Muottas Muragl) incrivel, voce já teve alguma outra experiencia em outro lugar tão incrivel quanto?
    Obrigado desde já. Abs

  • Estou organizando as próximas férias dezembro para dezembro de 2015,( de 23 a 6/01) a ideia é ir a Milão e dar uma passeada a St. Moritz. Gostaria de informação da melhor forma de deslocamento e se é possível um bate e volta de Milão a st. Moritz?

    • Oi Viviane, tudo bem?
      Não sei se vale a pena, porque de carro leva umas 3 horas, de trem de 4:30 até 5:30 e de ônibus mais de 7 horas. Acho melhor buscar destinos de montanha no norte da Itália mesmo, mas depende do que você quer curtir. Abs, Michel

  • Ola muito bom seus oimentarios, voce sabe se apos 22 de abril ainda tera neve quero fazer um bate volta de Milão

    • Olá Emerson, obrigado pela visita e pelo comentário!
      As pistam de St. Moritz geralmente fecham na última semana de março ou na primeira de abril, mas acho que em Muottas Muragl ainda vai ter neve.
      Não sei se é a melhor opção para um bate volta, mas tomara que vocês aproveitem bastante.
      Um abraço, Michel

  • Maravilhoso Michel, adorei as paisagens e a varanda desse hotel só pode ser piada rsrs muito show! Sem duvida um lugar muito especial! Abraçoss

    • Valeu Kellen, sempre bom ter você passando por aqui, fico feliz que tenha curtido o post e as fotos! Abraço e muita paz, Michel

  • Post show! Fotos fantásticas. Amei o hotel!! Bjs Claudia

    • Oi Claudia, legal que você curtiu! Valeu pelo carinho de sempre, estou em dívida, mas sempre que posso dou um pulo pra prestigiar teu trabalho! Bjo e paz, Michel

  • Florentina Delazzeri Cassol

    Michel, acho que vc já percebeu que eu choro fácil , estou com os olhos cheios de lágrimas, amei esse post estas fotos estão divinas! Eu estive por um dia em Saint Moritz, era para fazer o passeio do Bernina, mas com não compramos com antecedência, não pudemos e também não tinha vaga para o próximo dia.Como era passagem, não programamos nada para fazer na cidade.. Agora ao ver essas fotos estou inconformada! Achei mais bonito do que ter ido ao Jungfrau! Fiquei encantada! Se Deus me der saúde um dia volto lá! Você tem um dom maravilhoso de escrever, faz sonhar! Viajar através das imaginação, eu me vejo nesse lugar! Tudo de bom guri, muito sucesso com esse blog! È tudo almejo. Abraços.

    • Oi Florentina, é sempre muito bom ver você passando aqui no blog e ainda melhor sabendo que você gosta dos meus textos e fotos!

      Pena que vocês não conseguiram aproveitar melhor St. Moritz, mas acredito que essa vontade seja sinal de uma outra viagem se aproximando! E na próxima vez que vocês vierem a gente combina de finalmente nos entrarmos por aqui.

      Obrigado pelo carinho e apoio imenso, teu comentário já vale por muitos! Abração e um ótimo dia, Michel