Resultado final do Concurso cultural: 7 anos do blog Rodando Pelo Mundo!



No aniversário de 7 anos do blog decidimos dar 9 super presentes aos leitores! Recebemos muitas respostas inspiradoras no nosso concurso cultural com a pergunta “Quais seriam os 7 destinos que você escolheria em uma volta ao mundo e o motivo da escolha de cada um deles?” e agradecemos pela grande participação!

O grande Ugo Esteves conseguiu resumir bem o espírito do concurso: “Formas inteligentes, agradáveis e estimulantes de nos fazer viajar por esse mundo afora. Cada um a sua maneira mas todos com um só espirito, viver RODANDO PELO MUNDO.”

Confira abaixo os prêmios e logo depois as 9 respostas premiadas! Parabéns aos ganhadores, entraremos em contato com vocês em breve para a entrega dos prêmios!

_flyer_aniver_final

OS PRÊMIOS E O NOSSO AGRADECIMENTO À TODOS QUE APOIARAM:

PRÊMIOS APOIO
1. Voucher para comprar passagens aéreas no valor de R$ 300,00 Melhores Destinos [Facebook | Twitter]
2. Guia Chile e Ilha de Páscoa (496 páginas) + Guia Ilhas do Caribe (912 páginas) Lonely Planet Brasil [Facebook | Twitter] / Globo Livros [Facebook | Twitter]
3. Livro “Alcatrazes” (Editora Cultura Sub, 200 páginas) Cristian Dimitrius (Domingão Aventura) e Fernando Clark [Facebook | Twitter]
4. Livro “A Vida em Nossos Mares” (Editora Avis Brasilis, 288 páginas, bilíngue: Português/Inglês) João Paulo Krajewski (Domingão Aventura) [Site oficial | Facebook]
5. Guias de conversação com vocabulários e frases em Espanhol, Inglês, Francês, Italiano e Alemão Lonely Planet Brasil [Facebook | Twitter] / Globo Livros [Facebook | Twitter]
6. DVD Domingão Aventura (Gênero: Aventura, aprox. 90 minutos) Domingão Aventura (Domingão do Faustão) [Facebook | Twitter]
7. Livro “Papo de Viagem & outras histórias de bar” (Editora Patuá / Papo de Viagem, 204 páginas) Papo de Viagem (Clarissa Donda e Janaína Calaça) [Facebook | Twitter]
8. Livro “Uma Volta, Volver!” (Editora Verve, 216 páginas) Letícia Biccas Vasconcellos
9. “Guia Ducs Amsterdam” (Produto digital em formato PDF, 71 páginas) Ducs Amsterdam [Facebook | Twitter]

ABAIXO OS VENCEDORES, PARABÉNS GALERA!

PRÊMIO NOME RESPOSTA
1
Leonardo Lima
1 – Coréia do Norte: Por ser uma das nações mais fechadas do mundo me desperta uma curiosidade em saber como funciona as coisas por lá. 2 – Turcomenistão: Isso mesmo, afinal, além de ser um dos países mais limpos do mundo é lá que se encontra uma das formações mais diferentes da natureza, a “Porta do Inferno”, dá um Google e vc verá. 3 – Egito: Preciso nem comentar né? Só a ideia de estar ao lado de construções históricas e milenares me deixa com vontade de viajar. 4 – Panamá: Não é pra muito mas lá no Panamá é onde está San Blás, um local com praias paradisíacas voltadas pro mar do caribe. 5 – Zâmbia: Na fronteira do Zâmbia com a Tanzânia fica as Cataratas Victoria e nela a “Piscina do Diabo”, uma parte das cataratas que vc pode entrar e ficar bem pertinho do penhasco, morro de vontade de ir lá. 6 – Nepal: Ver a montanha mais alta do mundo pessoalmente é uma realidade muito distante para a maioria das pessoas, mas eu espero um dia poder conhecer esse país e realizar o Trekking até o Base Camp do Monte Everest. 7 – Antártica: Imagine só como deve ser surreal desembarcar num continente totalmente branco com apenas vida animal e pouca exploração humana, esse é um fascínio muito grande que tenho.
2
Ana Carolina T. Vieira
Bom, por se tratar de uma volta ao mundo, escolheria um lugarzinho em cada continente. Já que estou no Brasil iria começar o meu trajeto pela Guiana Francesa. Um território Europeu na America do sul cheio de tribos indígenas, florestas tropicais, cachoeiras, rios e praias. Deve ser incrível! Além disso, lá tem um museu espacial. Aproveitaria para treinar um pouco de Frances (língua local) e como já teria trocado os meus reais por euros (moeda local) iria aproveitar para usa-lo no meu próximo destino. Os voos que saem de lá e vão para a frança são considerados internos (não possui taxas) então já iria direto para a Europa. Já que frança e Espanha são vizinhas pegaria uma conexão em direção ao segundo destino que seria Ibiza! Quero saber o que que a cidade mais badalada da Europa tem! Como gosto muito de música eletrônica iria lá conferir as diferentes night clubes e desfrutar das belíssimas praias com areia branca e água azul banhada pelo mediterrâneo. Iria curtir as baladas consideradas as melhores do mundo e também conhecer a cultura local que vem dos Fenícios e Romanos. Visitaria o Museu de Arte Contemporânea. Comeria as famosas Tapas espanholas e a noite iria curtir mais night clube.Um passeio de bike pela ciclovia ao redor das praias também é algo indispensável no roteiro assim como alugar uma Ferrari vermelha. Da ilha da magia diretamente para a África. Tem milhões de lugares na Africa no qual eu gostaria de ir. Mas sem dúvidas o primeiro lugar desse continente que eu gostaria de conhecer seria o Egito, então esse é o meu terceiro destino. As vezes fico pensando que tenho alguma coisa ligada de outra encarnação com esse lugar porque ele me deixa maravilhada! Como eles fizeram esculturas tão perfeitas que estão erguidas desde milhões de anos antes de cristo, sem contar no vestuário deslumbrante que eles usavam. Infelizmente atualmente é até perigoso visitar essa região, mas não deixa de ser um passeio espetacular e historicamente rico. O museu do Cairo é um dos mais incríveis museus do planeta, repleto de múmias e sarcófagos. Os passeios pelo Egito ainda incluem desertos, ruínas, templos, esfinges, piramides e o gigante Rio Nilo. O quarto destino fica no continente Asiático (também foi difícil de escolher) e é a Jordânia. O país é o território mais tranquilo do Oriente médio, mas sem perder a cultura de ver as pessoas com panos nas cabeças.Em Ama (capital da Jordânia) esta o teatro Romando do século 2, as colunas do templo de Hércules. Também é possível conhecer a “cidade branca”, onde a grande maioria das construções são formadas por pedra Caliza. Um dos roteiro desse país é Petra, um local escupido por pedra e que possui uma beleza indescritível tanto de dia quanto de noite. O quinto destino é a Austrália que é repleto de recifes, corais, florestas, montanhas, tecnologia, grandes construções, surfe e também de neve. De fato esse país, e continente, é abrangente e diversificado. Sempre me encantou não só pela paisagem, como também pelos bichos! Amo coalas e cangurus, sem dizer que deve ser bom demais vê-los e toca-los. Também me aventuraria pelas ilhas da região. Ah sem esquecer de conhecer o parque nacional da Kakadu onde é possível encontrar a gigante catarata de Jim Jim. Do ecoturismo ao capitalismo. Voltando para a América, o sexto local do roteiro seria Nevada. Gostarias de ficar hospedada em algum trailer e seguir na estrada pelos arredores. Também aproveitaria para fazer moutain bike em Austin e, claro, torrar um pouco de dinheiro (quem sabe até ganhar) em Las Vegas. Desfrutar da mordomia, spars, piscinas, passeios e baladas da região. O sétimo e ultimo destino antes de voltar para casa é a Antártica. Difícil de ir, mas não é impossível! É o continente mais frio e mais seco do globo terrestre.Não sei por quantos dias eu aguentaria ficar lá, mas com certeza seria o destino para finalizar com chave de ouro a minha volta ao mundo.
3
Mirella (@mikix10)
Saindo de Toronto (Minha hometown atualmente), e tendo o tema mergulho de snorkel como base (eu acho que toda volta ao mundo deve ter um tema, coisa da minha cabeça, claro!), faria a viagem mais ou menos assim: 1 – Churchill, Manitoba (Canada) : começaria no friozinho do norte do Canadá e faria um banho de mar com as baleias belugas! Elas são tão fofas, sempre sonhei em ir, mas não é tão fácil de chegar em Churchill ;) . Começaria assim, para mostrar que não é somente no calor que se faz mergulho eheheh 2- Honduras – depois desceria para a tropical ilha de Utila em Honduras para ver as baleias-tubarões (whale sharks) e aproveitaria para conhecer um pouco da segunda maior barreira de corais do mundo, que fica no proprio Caribe e se não me engano someça em Honduras e vai subindo até Belize. 3- Filipinas – viajaria para Asia para a ilha Dimakya para ver o dugong (não sei ao certo o nome desse bicho em português)… mas deve ser um encontro inesquecível. 4- Indonesia – de lá iria para as ilhotas de Raja Ampat, considerada por muitos o melhor snorkel do mundo, eu tenho que descobrir se isso é realmente verdade! E por isso não estou incluindo Palau… que seria o grande rival! (chorando!) 5- Australia – em uma volta ao mundo dedicada a snorkel, não poderia deixar de lado a maior barreira de corais do mundo!!! Voltaria a Australia para ver o colorido da barreira de corais, mas dessa vez faria um live boat por alguns dias… 6- Tonga – eu sei que acabei excluindo o Hawaii dessa listinha, mas como sonho há anos em ir para Tonga ver os tubarões-baleias (iguais aos de Honduras) e ir explorar esse canto remoto do mundo, Tonga it is! 7- Maldivas – para terminar, iria terminar em chave de ouro pelas Maldivas para ver as arraias-manta.
4
UGO ESTEVES
7 destinos? Pra quem é diagnosticado, como eu, de portador de “viajofrenia” relacionar 7, 14, 21 ou outros múltiplos destinos cobiçados é extremamente fácil. Para o garoto que nasceu no bairro de Santa Cruz, na década de 40, que sonhava em chegar a Mangaratiba no trem “macaquinho” de madeira puxado por uma Maria Fumaça ( locomotiva à vapor ) e realizou este sonho quase impossivel aos 11 anos de idade, sòzinho, acumular novos sonhos com novos destinos tornou-se uma constante ao longo da vida e agora, aos sessenta e seis anos continua povoando a minha imaginação. Então, vamos lá, continuar sonhando: MACHU PICHU – De onde eles vieram, para onde foram? o mistério que envolve esse lugar é desafiante. Desafio qualquer “viajofrênico” negar este desejo. NOVA YORK – Vivi por lá alguns belos anos da minha vida, primeiro legalmente e, depois, com o visto vencido. Hoje é um sonho quase impossivel de se realizar, segundo as regras da imigração americana. Quase, eu disse. LISBOA – Depois de passar 2 temporadas de 3 meses por lá, sinto-me meio Lusitano e voltar a navegar pelo Tejo é mais do que um desejo, é uma necessidade. JAPÃO – Tenho um neto descendente de japoneses por parte de mãe. A minha nora é neta de japoneses e isso desperta em mim uma enorme curiosidade em conhecer, de preferência acompanhado do meu neto, este país tão exótico e fascinante. EGITO – Tenho verdadeira adoração pela cultura egípcia, seus faraós e suas pirâmides. Depois de milhares de anos, termos a oportunidade de visualizar toda aquela riqueza histórica me deixa intrigado. POMPÉIA – As ruínas de Pompéia formam outra prova viva que o ser humano ao correr dos séculos vai modificando seus hábitos mas que a natureza, as vezes de forma perversa, teima em manter as provas dessa modificação. É um destino que desejo muito conhecer. ILHA GRANDE – É logo ali, no litoral sul do Rio de janeiro. A minha mãe é ilhense e algumas vezes durante a minha infância passei curtos períodos por lá. A minha família tinha uma pequena propriedade onde minha mãe e todos os 8 irmãos e irmãs nasceram. Para mim é tão fácil e muito simples voltar a Ilha Grande mas o tempo vai passando e eu vou protelando o sonho. Mas garanto a todos que lerem estas notas, vou providenciar urgentemente essa realização. A Ilha Grande é o paraíso, ou, vice-verso, O paraíso é a Ilha Grande. Não vou incluir nesta conta o meu principal destino que é o destino de volta. Todas as viagens são de ida são deslumbrantes, maravilhosas, não vivo sem elas mas, voltar para o ponto de partida, o meu Rio de janeiro, tem sempre um sabor especial.
5
Toni Cleber
Eu começaria as viagens pelo…. 1. Egito. Destino obrigatório a qualquer pessoa que se interesse por história das civilizações antigas. O que conhecemos dessa civilização através de sua arte nos impressiona e nos magnetiza, e ao mesmo tempo, nos intriga porque ela simplesmente desapareceu. Por outro lado, existe o Egito atual, cujo povo não descende diretamente daqueles egípcios antigos, mas vive à sombra dele. 2. Muralha da China. Um dos poucos destinos turísticos que realmente merecem percorrer metade do planeta. Ela fica exatamente do outro lado do globo e não é qualquer monumento. Trata-se da maior obra arquitetônica humana. Recortam parte do Mar Amarelo, o deserto de Góbi, e a Mongólia. O resultado do conjunto é surpreendente 3. Polônia. Nação antiga, cuja capital foi sede do Pacto de Varsóvia. Viajar pelo interior da Polônia para ver o carinho com o qual os poloneses conservam suas tradições e festas típicas. País afetado pela guerra e muitas de suas belas cidades foram completamente arrasadas pelos nazistas. 4. Savana Africana. Uma caminhada na savana. Andar no habitat de grandes predadores, já seria adrenalina suficiente. Encontrar os animais mais Elefante, Leões, Girafas, Zebras, entre outros em seu habitat natural. África, onde a evolução do homem permitiu espalharmos pelo mundo, criando culturas e civilizações que até hoje, intrigam a todos nós. 5. México. As ruínas Maias deixaram um legado impressionante de arte e saber espalhado pelo México. Embrenhado na selva e na arquitetura pré-colombiana. As pirâmides de Teotihuacán, a colonial cidade de San Cristobal de Las Casas, as maravilhosas praias da Riviera Maya, a pitoresca Guanajuato, a jovem e relaxada vila costeira de Puerto Escondido… e a lista de motivos para viajar para o México não tem fim. 6. Bonito (Mato Grosso do Sul). Sonho de criança ainda não realizado. Dizer que Bonito faz jus ao nome é pouco. Bonito é realmente lindo, seja na riqueza da natureza, presente na fauna e na flora, como nos recursos naturais tão preservados. Não é a toa que este paraíso é conhecido mundialmente pelos rios de água cristalina, piscinas naturais, cavernas e cachoeiras. 7. Jerusalém. “(…) Não o encontrando, voltaram a Jerusalém para procurá-lo. 46. Depois de três dias o encontraram no templo (…)”. (Lucas 2: 45-46). Nem todos as pessoas possuem condições de realizar essa jornada. Precisamos de uma força maior para nos dar força e um motivo para viver. Conhecer onde o mestre viveu e deu sua vida para nos salvar é um sonho. Espero que possa ser realizado com a ajuda do blog. Valeu!!!
6
Diana Schrok
Nossa o mundo é tão encantador, com tantos povos, culturas, cenários paradisíacos que realmente responder esse questionário não é tão simples. Escolher somente 7, com um planeta que se você começar a tentar contar os lugares que quer conhecer, é tão difícil finalizar que dá infinito!!! Mas como só queremos 7 né, vou tentar! 1) Cinque Terre (Itália) – hoje quando penso no primeiro lugar que gostaria de conhecer, penso em Cinque Terre. A paisagem desse local não sai da minha cabeça, as montanhas ao lado de uma água extremamente azul com prediozinhos coloridos! Toda a vez que vejo uma foto de lá, penso que em breve estarei lá em carne e osso! E isso que faz valer a pena ser viajante, essa magia! 2) Santorini (Grécia) – a Grécia me atrai muito, meu nome é romano com origem em uma deusa grega. Mas não é só por isso, o início de toda cultura ocidental praticamente, a forma como a república funciona, o senado, tudo vem de lá. Várias artes do mundo, toda a origem intelectual. Com certeza é um povo com muito a mostrar de seu passado. Aliado a isso ainda temos esse monte com pequenas vilas de edificações brancas, com muitas flores e um mar perfeitamente azulado embaixo. Já deu para ver que amo praia né. 3) Burma (Myanmar) – essa cultura já é o oposto da nossa né!? Mas são lugares mágicos, quando você olha todos aqueles templos, muitos deles dourados e ao lado de lagos ou rios, sente–se uma paz enorme! 4) Park Yellowstone (USA) – qualquer coisa que eu disser será pouco para expressar a beleza desse parque. Mas para ser a terra escolhida pelo ursinho mais querido, o Zé Colméia, para viver. Só pode ser um cantinho muito especial não é mesmo!? 5) Muralha da China – Uma das maravilhas do mundo e patrimônio mundial da Unesco. Bem antes de Cristo essa fantástica estrutura já estava sendo erguida e se mantém intacta até os nossos dias! A cultura oriental deixa a nossa no chinelo em termos de tradição e tecnologia nas suas origens, somos bebês se comparados a eles. 6) Viagem de trem em Machu-Pichu – para viajar de Cuzco à Machu-Pichu existe uma linha de trem chiquérrima que leva a marca da Orient Express. Além de conhecer as belezas desse lugar mágico, ainda iria ter o prazer de desfrutar a viagem com essa linha de trem que faz você se sentir em uma história de Agatha Crhistie. Como bem fala o blog Turomaquia! 7) fechando Pirâmides do Egito – tive o prazer de conhecer pessoas desse país e são pessoas tão acolhedoras e divertidas!!! Parecem conosco hehehe. Mas conhecer as pirâmides, imagina ver um por do sol naquele deserto! É magia demais para um texto só!
7
Isa Souza
Cada lugar/cultura que alguém conhece é capaz de transformar a sua forma de enxergar a vida. Eu tenho 18 anos e nunca saí do Brasil, mas o que eu vejo são pessoas contando que quanto mais viajam, mais tem consciência que sabem pouco, que o mundo é grande e sempre tem algo novo para ver, sentir. Eu quero esse sentimento pra mim. Essa lista é apenas um pouco do que eu quero viajar, mas tem tanto alguns sonhos de infância quanto coisas que eu aprendi a gostar recentemente. 1- Sydney, Austrália: para curtir o mar, aprender a surfar e ver de perto os cangurus, mesmo que seja em uma cidade nos arredores 2-Finlândia: mesmo não gostando de muito frio, eu posso superar isso para contemplar o espetáculo da aurora boreal, aproveitar pra conhecer um pouco esse país tão elogiado pela alta qualidade de vida. 3-França: Paris para fazer uma maratona de museus, Giverny para conhecer a casa de Monet, Cannes pelo festival de cinema… O que elas tem em comum: a beleza da arquitetura e o idioma que é uma delícia de ouvir, para se apaixonar. 4-Praga, República Tcheca: até uma semana atrás não tinha interesse, mas ver como a Catedral de São Vito emerge, contrastando com os prédios ao redor me deixou querendo mais, arquitetura fascinante. 5-Bali, na Indonésia, um capricho da criação, paisagens naturais lindíssimas, calma, sossego e mar, e ainda conhecer a Green School, uma escola sustentável, exemplar! 6-Inglaterra: Conhecer o agito de Londres, as escolas de Oxford, o pier de Brighton e a cidade dos Beatles, Liverpool. Para conversar bastante, nesse sotaque britânico lindo, e entrar de cabeça na cultura da Terra da Rainha. 7-Por último, na minha terrinha, litoral do Espírito Santo, para estar pertinho na hora da eclosão dos ovos de tartaruga, pura emoção!
8
Kellen Bittencourt
Amigos, não tenho nem duvidas, desde 2009 persigo o sonho de conhecer as 7 maravilhas do mundo! Silenciar a alma diante da Muralha da China, fechar os olhos e num instante de dejavu, ouvir os incas colocando pedra sobre pedra na cidade perdida de Machu Picchu, subir os 43 degraus da pirâmide El Castilho erguida pelos Maias em Yucatan no México, e de suas frestas poder sentir os raios do sol, beijar demoradamente o meu amor diante da maior prova de amor construída no mundo, o Taj Mahal, chegar a Jordânia e sentir o coração acelerar diante de uma das construções arqueológicas mais intrigantes da antiguidade, Petra, sentar nas escadarias do coliseu de Roma e por horas sentir a energia de um lugar onde milhares de pessoas um dia se divertiram com diferentes tipos de espetáculos, que hoje não compreenderíamos, e por ultimo subir a maravilha caçula do mundo o Cristo Redentor e receber a sua benção! Esse é meu sonho, assim quando chegar a minha hora vou poder dizer que conheci os lugares mais maravilhosos da terra! rsrsr
9
Rick
Bem, eu começaria meu roteiro por Istambul, na Turquia. Cidade que separa Europa e Ásia, visitar a Haga Sofia e a Mesquita Azul, além de aproveitar a vida noturna e gastronomia da cidade. 2. Parque Nacional do Serengueti, na Tanzânia: conhecer a vida animal, de pertinho, nesse parque de mais de 400.000 metros quadrados e diferentes espécies de animais, livres. 3. Kerala, Índia – cidade ao sudoeste do país, com bela natureza, litoral, lagos e canais. Além disso, contrastando com o restante da Índia, que possui um dos melhores índices de alfabetização do planeta! 4. Ilha Norte, Nova Zelandia: visitar cidades como Auckland, super moderna e Wellington, com praias, geiseres e vulcões. 5. Alpes – França, Itália e Suíça: pra se ter experiência verdadeira em neve, só mesmo estando lá !! 6. Petra, Jordânia – um dos sítios arqueológicos mais imponentes do Oriente Médio, cheios de canions e falésias. 7. Amazônia, Brasil – maior pulmão verde do planeta! Animais, o verde, os rios, as tribos indígenas…uma viagem e tanto!

Esse aniversário foi um ponto de partida para uma nova fase do Rodando Pelo Mundo e vai ser muito legal ter você embarcando nas próximas aventuras com a gente! Agradecemos a todos os parceiros que nos apoiaram nessa grande promoção, não deixe de seguir os nossos perfis no FacebookTwitter e Instagram!

Abraço e paz,
Equipe Rodando Pelo Mundo

Curta e siga:

Michel Zylberberg

Criei o blog em 2006 para compartilhar as minhas andanças pelo mundo, já rodei por mais de 20 países e gosto de incentivar as pessoas a conhecerem o que esse mundão maravilhoso tem a oferecer! Conto com a colaboração de amigos e convidados para poder trazer um conteúdo relevante e interessante, sempre junto com a minha grande paixão - a fotografia.