Cinco destinos “quentes” para visitar entre junho e setembro



O período entre junho e setembro é ideal para viajar, seja para curtir o verão no hemisfério norte ou o inverno no hemisfério sul. Nesta época muita gente busca pistas de esqui no Chile e na Argentina, ou até mesmo, destinos mais extremos como a Patagônia. Mas se tudo que você quer é fugir do frio ou aproveitar ao máximo as férias, então aproveite as melhores hospedagens com ofertas monitoradas do nosso parceiro Booking.com usando o ótimo site Booking Monitor e confira essa lista bem variada com 5 opções que podem inspirar a tua próxima aventura:

Image courtesy of Dave https://flic.kr/p/57WEkZ

Image courtesy of Dave

1 – Celebração do solstício de verão no Stonehenge:
Você talvez tenha ouvido falar deste famoso, místico, sagrado e imponente monumento com pedras de 5 metros de altura misteriosamente construído há 4 mil anos e localizado em Wiltshire, no sudoeste da Inglaterra. Com acesso bem limitado durante o ano, a festa do Solstício, que ocorre no fim de junho. A edição de 2015 contou com 23 mil pessoas acompanhando vários rituais de celebração, ao lado deste monumento, no dia mais longo do ano. A entrada é gratuita, mas existem regras claras que devem ser respeitadas: nada de acampamento, cachorros, fogueira… e nem pense em subir nas pedras! Aconselha-se priorizar a utilização do transporte público. O acesso pode mudar a cada ano, em 2015 foi a partir das 19h do dia 20 até as 8h do dia 21, com o pôr-do-sol rolando em torno de 21h30 e o nascer umas 5 da manhã. Acesse o site oficial english-heritage.org.uk para os detalhes e regras.

Image courtesy of Harald Groven https://flic.kr/p/emTS5a

Image courtesy of Harald Groven

2 – O sol da meia noite na Noruega:
Estive na Noruega pouco tempo atrás, mas infelizmente não pude curtir duas belas atrações naturais, a aurora boreal e o sol da meia noite. Este ocorre apenas no verão e quanto mais ao norte, maior a incidência do fenômeno. Existem muitos destinos famosos para curtir as noites ensolaradas, entre eles estão: Círculo Ártico, Bodø, Ilhas Lofoten, Tromsø, Cabo Norte e Svalbard. Se você sofre de insônia, talvez seja melhor escolher outro destino :)

Image courtesy of Graham McLellan https://flic.kr/p/eNFRA

Image courtesy of Graham McLellan

3 – A “fiesta de la Tomatina“:
O evento mais famoso na Espanha ainda é a festa de San Fermín, na qual ocorre o encierro – a surreal corrida de touros pelas ruas da cidade de Pamplona. Mas se você for protetor dos animais ou não quiser arriscar a vida (até hoje 15 pessoas morreram e uma infinidade ficaram feridas) a melhor opção é colocar uma roupa velha, óculos de natação e preparar o grito de “tomate”! O evento quebiniciou com apenas 1000 participantes em 2011, contabilizou em 2014 a presença de 45 mil pessoas, de várias idades, travando uma épica guerra de tomates durante 3 dias. Ficou com vontade de encarar essa lambança? Então a cidade de Buñol, em Valência, aguarda por você na última quarta-feira de agosto.

DenisCarlRobidoux_Montreal

Image courtesy of Denis-Carl Robidoux

4 – Música, cinema e calor (!) no Canadá:
Famoso pelos invernos rigorosos, o Canadá a partir de junho se torna bem mais amigável para quem foge de frio. Não é a toa que muitos turistas procuram o país no verão, com temperaturas médias de 24 graus no sul e 15 durante o dia no norte – caindo bem durante a noite. Compre o melhor repelente que encontrar e se prepare para uma maratona cultural, com uma infinidade de festivais, especialmente para os amantes do jazz. Lembrando também do “Canada Day” no dia primeiro de julho e do famoso Montréal Film Festival no fim de agosto, que atrai nada menos do que 350 mil apaixonados pela sétima arte.

Image courtesy of Marc Veraart https://flic.kr/p/5edsks

Image courtesy of Marc Veraart

5 – A grande migração dos gnus no Serengeti:
Você já deve ter assistido nos documentários, mas presenciar o ápice de uma migração em massa e a luta pela sobrevivência de um milhão e meio de gnus e uma infinidade de gazelas, zebras e outros animais migrando do Serengeti na Tanzânia até a reserva de Masai Mara no Quênia (considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco) é algo fantástico. Em dias tristes de poluição, descaso, desmatamento e matanças desenfreadas, é raro poder presenciar a mais pura demonstração da natureza em sua plenitude, com leões, crocodilos, hienas e outros famintos predadores desfilando seus instintos. O ponto alto dessa batalha sangrenta ocorre entre julho e agosto, quando os animais atravessam os rios Grumeti e o Mara.

Para quem ficou interessado em procurar as melhores ofertas com o Booking Monitor, basta seguir os seguintes passos: Selecionar as datas de check-in/check-out > Procurar pelo hotel que deseja > Selecionar os quartos para monitorar > Inserir o e-mail para receber o monitoramento.

E aí, ficou animado com uma ou mais das opções? Conte pra gente aqui nos comentários ou na nossa página Facebook qual é o teu destino perfeito para essa época do ano. Boa viagem!

P.S.: Header image courtesy of james j8246.

POST PATROCINADO

Abraço e paz,

Michel P. Zylberberg
www.rodandopelomundo.com

Curta e siga:

Michel Zylberberg

Criei o blog em 2006 para compartilhar as minhas andanças pelo mundo, já rodei por mais de 20 países e gosto de incentivar as pessoas a conhecerem o que esse mundão maravilhoso tem a oferecer! Conto com a colaboração de amigos e convidados para poder trazer um conteúdo relevante e interessante, sempre junto com a minha grande paixão - a fotografia.