Tiradentes: como curtir a cidade de forma econômica



Nosso colaborador André Araújo deu umas voltas pelo Estado de Minas Gerais e nos apresenta a cidade de Tiradentes. Distante 190 quilômetros da capital Belo Horizonte, a cidade é composta por um cenário rico da arquitetura e arte barrocas. Conheça um pouco sobre o nosso patrimônio histórico nacional.

Tiradentes parou no tempo através de sua arquitetura civil do século XVIII.

A cidade é uma referência não somente em sua arquitetura, mas também em gastronomia, artesanato e os inúmeros festivais que ocorrem no decorrer do ano, fazendo de Tiradentes uma cidade badalada e que atrai turistas de todo o país

Emoldurando a cidade, encontra-se a majestosa Serra de São José, com suas trilhas e passeios de ecoturismo para os amantes de esportes radicais que permitem o contato com a natureza.

Tiradentes é acima de tudo uma cidade para todos os gostos e bolsos. A cidade, que possui fama de ser cara, mostra que tem opções para aqueles que não querem gastar muito em tempos de crise. Seguem as dicas:

Passeios

Maria Fumaça: o antigo trem a vapor está para Tiradentes assim como o Corcovado esta para o Rio de Janeiro, ou seja, é um passeio obrigatório para quem visita o local pela primeira vez. Caso contrário, não vale muito a pena em termos de custo (R$ 60,00), tendo em vista que o trajeto dura somente 40 minutos.

IMG_20160513_131814527

Cavalgada: para aqueles que curtem cavalgadas em meio à natureza, existem dois roteiros interessantes, um que abrange o povoado de Bichinhos e outro aos pés da Serra de São José. Optei pelo segundo roteiro e foi muito interessante observar os paredões de arenito, os lagos e as fazendas que compõem parte do trajeto. Este passeio é organizado por intermédio de agências de turismo da região e é muito mais interessante do que os monótonos passeios de charrete pela cidade.

SAM_4675

Caminhada: o melhor e mais barato passeio é certamente andar sem rumo e sem destino certo pelas ruas de Tiradentes. É quando temos a oportunidade de admirar a beleza e os detalhes da arquitetura. Além disso, é um tipo de passeio que pode ser feito de dia ou de noite.

Bichinho: pequeno vilarejo localizado a 7 km de Tiradentes, este bucólico lugar se destaca pela infinidade de ateliês. Um dos inúmeros que visitei pertence a um renomado artista plástico da região, considerado um pioneiro no local. Ainda em Bichinhos, ou melhor, a caminho do povoado, existe o museu do Automóvel, um galpão com uma grande coleção de carros antigos. Infelizmente não tive tempo de visitá-lo.

Mirante: subindo uma pequena ladeira próxima à rodoviária da cidade, há um mirante onde se tem uma bela vista do centro histórico de Tiradentes.

Santa Cruz de Minas: considerado o menor município do Brasil em área (2,9 km²), este local faz parte do circuito da Estrada Real. Uma das atrações é conhecer a Cachoeira do Bom Despacho, fazer algumas trilhas no local e conhecer também o 1° marco da Estrada Real.

20160515_085853

Gastronomia

Os restaurantes em torno do Largo das Forras costumam ser requintados e caros, mas ao caminhar pelos arredores do centro histórico, é possível encontrar bons preços e ótima comida. A culinária mineira está presente em todos os restaurantes, exceto em um charmoso bistrô com mesinhas na calçada localizado na movimentada Rua Direita, que oferece deliciosas tapiocas doces e salgadas por um preço convidativo.

Hospedagem

Assim como na gastronomia, Tiradentes oferece hotéis para todos os bolsos. A melhor opção é se hospedar próximo do centro para, desta forma, poder se deslocar para os principais locais a pé. Entretanto, as pousadas afastadas do centro oferecem na maioria das vezes melhores tarifas sem dispensar o essencial conforto.

Serviços

Abaporu Pousada: localizada em pleno centro histórico, próxima do Largo das Forras, possui excelente café da manhã e bom atendimento. Diárias a partir de R$ 200,00. www.abaporutiradentes.com.br

Maria Barbosa Pousada: localizada a 20 minutos do centro, a pousada é confortável e possui uma boa infraestrutura de lazer. Diárias a partir de R$250,00. www.pousadamariabarbosa.com.br

Cavalgada: somente algumas agências de turismo da região oferecem este passeio, entretanto os melhores valores foram na agência Uai Sô, com cavalgadas a partir de R$ 110,00, dependendo do roteiro (Bichinhos ou Serra de São José) e da duração (entre 1h30 a 2h30 de passeio). www.uaisoturismo.com.br

Museu do Automóvel: possui 60 veículos antigos em exposição e está localizado na Estrada Tiradentes Prado, km 4,5, na zona rural. Preço aproximado: R$10,00.

Gastronomia

Divino Sabor: afastado do Largo das Forras, o restaurante possui um ambiente agradável e com bom preço, principalmente se compararmos com os restaurantes localizados na principal praça da cidade. Buffet a quilo. Rua Ministro Gabriel Passos, 300.

Tapioca Maria Bonita: o charmoso bistrô oferece deliciosas tapiocas, além de outros pratos doces. Preços a partir de R$ 14,50. Fica na Rua Direita, 232, Centro.

Ponto positivo

– A cidade é bonita e os moradores são bastante solícitos.

– Para quem vai de carro, vale a pena conhecer os vilarejos nos arredores de Tiradentes, tais como Bichinhos, Prados, Santa Cruz de Minas e outros.

Ponto negativo

– A cidade possui poucas agências bancárias e não é todo estabelecimento que aceita cartão de crédito.

– Artesanato costuma ser caro, sendo necessário pesquisar bastante, principalmente nos arredores.

– Deixar o carro estacionado em alguns locais do centro significa multa na certa. Não há placas indicando a proibição.

– Evite visitar a cidade em períodos de feriado ou férias, quando os locais ficam lotados e os preços mais altos.

andre araujo

Sobre André Araújo

Quando eu era criança, meus amigos sonhavam em conhecer a Disney e eu já dizia África. O desejo tornou-se realidade mais de uma década depois e do jeito que eu imaginei. A partir de então viajei para alguns lugares comuns e incomuns, no exterior e no interior do Brasil, descobrindo lugares, culturas e pessoas. Viajar para mim não é apenas um lazer, mas uma forma de ampliar os meus horizontes. Carioca, morador de Niterói e com uma lista imensa de lugares para visitar um dia.

Curta e siga:
Arnaldo Rafael Borges

Arnaldo Rafael Borges

Com formação em Jornalismo, já viajei bastante por este mundão. Além de morar por um ano na Austrália, conheci países como México, Argentina, Uruguai, Chile e Nova Zelândia e também gosto de compartilhar o que há de mais interessante e inspirador para o viajante.