Dicas de viagem: 9 impressões de um brasileiro em Portugal



Nosso blog completa onze(!) anos em 2017! Para comemorar, iniciamos uma série de posts feitos por colaboradores convidados, selecionados e escritos com muito carinho, privilegiando o que nossos leitores mais curtem ler por aqui: dicas de viagem e curiosidades! Vamos começar contando um pouco das impressões de um brasileiro em Portugal pela primeira vez e tem muito a compartilhar. Com a palavra, André Araújo. Espero que gostem!

Viajar é das experiências mais enriquecedoras que um ser humano pode ter, é quando temos a oportunidade de mergulhar de cabeça em uma nova e diferente cultura, vivendo como um local, vivenciando seus hábitos e costumes, muitas vezes bem diferentes da nossa terra natal. É quando podemos observar coisas inusitadas para nós mas comuns para eles, nos surpreendemos com o novo, quando que para eles aquilo já é algo velho/normal.

Durante 30 dias, percorri Portugal de norte a sul, passando por grandes e pequenas cidades, vilas e vilarejos, lagos, praias, planícies, montanhas todos os tipos de paisagens e diversas coisas me impressionaram ao longo da minha jornada, a maioria delas ainda inédita no Brasil. Partindo desse argumento, resolvi listá-las abaixo em forma de dicas, para ajudar aqueles que como eu, se encantam com as diferenças entre culturas e gostam de acompanhar as aventuras de um brasileiro em Portugal:

Sky Bar

Um bar estiloso no topo de um prédio, com sofás e cadeiras aconchegantes ao som de lounge. A ideia até existe em cidades como Rio e São Paulo, porém a maioria desses locais é cobrado uma taxa de entrada independente do consumo. Em Lisboa, há uma abundância de sky bars, diferentes estilos e ambientes, uma bela vista para a cidade e sem cobrança de nenhuma taxa. O cliente paga somente o que consome.

brasileiro em portugal

Esteiras de madeira nas praias

Em quase todas as praias observei a presença de esteiras de madeira ao longo de vários trechos de areia. A princípio achei estranho aquilo mas logo constatei que eram para o uso de cadeirantes e pessoas com dificuldade de locomoção.

Lanche a qualquer hora

Durante a viagem, passei por inúmeras cidades, em uma delas entrei em uma loja achando que encontraria várias opções de sanduíches. Para a minha surpresa não havia funcionários na loja, apenas máquinas automáticas que vendiam quase de tudo: croissants, sanduíches, saladas, snacks, bebidas etc. O esquema é o mesmo que aquelas populares máquinas de refrigerantes daqui, põe a moeda e pega o produto. Essas lojas funcionam 24h e estão espalhadas por todo o país, são muito práticas para aqueles que tem fome nos horários mais irregulares.

Água em qualquer lugar

Em Parques, praças e outros lugares públicos, era comum a presença de bebedouros. Fato que infelizmente não ocorre no Brasil mas bastante comum em Portugal. Água fresca e limpa, alguns bebedouros eram bastante ornamentados, quase uma obra de arte.

brasileiro em portugal

Conectado a rede

Assim como os bebedouros, encontrei com facilidade rede wi-fi gratuita em diversas cidades e nos mais variados lugares, principalmente em parques, praças e ruas. Em Cascais havia wi-fi até mesmo na praia e engana-se quem pensou que o sinal fosse fraco.

brasileiro em portugal

A paixão pelos carros antigos

No interior do país(principalmente) era comum ver idosos dirigindo seus automóveis bem antigos e em excelente estado de conservação, alguns inclusive pegavam as auto-estradas. Era interessante ver os clássicos do passado lado a lado dos automóveis sofisticados atuais.

brasileiro em portugal

A melhor bebida que provei

Degustar comidas diferentes faz parte quando se esta em outro país mas isso também serve para as bebidas e foi uma grata surpresa quando provei a Somersby. Uma sidra de maçã com baixo teor alcoólico, cujo o sabor é incrível. Existe também em outros sabores mas a original foi a que mais me atraiu. Ainda não achei essa bebida por aqui(Rio) mas seria ótimo tê-la.

Carrinho elétrico

Um charmoso carrinho, fácil de dirigir, não poluente e que cabe em qualquer beco e viela. A novidade por aqui, não é tão novidade assim em Portugal, onde as pessoas alugam para passear ou mesmo o mantém como o segundo veículo. Em grandes cidades onde é mais complicado para achar estacionamento, esses veículos são bem úteis e funcionam a eletricidade.

brasileiro em portugal

 

Essas foram algumas das primeiras impressões de um brasileiro em Portugal pela primeira vez. Se você tiver mais dicas de Portugal, compartilhe com a gente!

andre araujo

Sobre André Araujo

Quando era criança, meus amigos sonhavam em conhecer a Disney e eu já dizia África. O desejo tornou-se realidade mais de uma década depois e do jeito que eu imaginei. A partir de então, viajei para alguns lugares comuns e incomuns, no exterior e no interior do Brasil, descobrindo lugares, culturas e pessoas. Viajar para mim não é apenas um lazer, mas uma forma de ampliar os meus horizontes. Carioca, morador de Niterói e com uma lista imensa de lugares para visitar um dia.

Curta e siga:

Michel Zylberberg

Criei o blog em 2006 para compartilhar as minhas andanças pelo mundo, já rodei por mais de 20 países e gosto de incentivar as pessoas a conhecerem o que esse mundão maravilhoso tem a oferecer! Conto com a colaboração de amigos e convidados para poder trazer um conteúdo relevante e interessante, sempre junto com a minha grande paixão - a fotografia.