Malta: destino em alta para quem quer aprender inglês

Foto: visitmalta.com


Quase sempre a busca por um intercâmbio para estudar inglês começa com países como Inglaterra, Austrália, Estados Unidos, Irlanda ou Canadá como opções. Realmente são todas ótimas escolhas – eu mesmo cheguei a fazer intercâmbio em dois deles. Mas existe outra escolha que também não deixa nada a desejar, um país superexótico, muito receptivo e que ainda não é tão conhecido no Brasil: Malta, um belo arquipélago situado no Mar Mediterrâneo, entre a Europa e a África.

São muitos os motivos para a escolher Malta (oficialmente República de Malta) como o destino ideal, porém vamos destacar quatro que mais nos chamaram a atenção:

Malta

Foto: visitmalta.com

Esportes – aquáticos e radicais

Flyboard e Jetfly são algumas das novas opções de esportes radicais, entre muitos outros encontrados no país. Já o mergulho na Baía de St. Paul’s tem uma ótima reputação, pois, além da água cristalina, é possível curtir uma rica fauna e flora, além de curtir atrações curiosas, como embarcações naufragadas. Não mergulha? Mesmo assim, vai ser o momento certo para fazer um curso! Claro que longe do mar também existe uma infinidade de ofertas, como escalada nas incríveis paredes rochosas, lindos passeios de bicicleta, entre outras.

Malta

Foto: visitmalta.com

Vida noturna

Muita gente considera Malta como um “país para jovens” e para quem procura intercâmbio, geralmente, isto é uma coisa muito positiva. A vida noturna é sempre movimentada, frequentada por jovens de toda a Europa que estudam nas faculdades locais ou mesmo nos cursos de inglês tradicionais. Destaque para Valeta e St. Julian’s, onde as discotecas, bares e restaurantes são garantia de curtição até altas horas.

Malta

Foto: visitmalta.com

Paisagens

Curtir o pôr do sol em Mdina, antiga capital de Malta e também conhecida como “Cidade Silenciosa”, é um programa obrigatório para quem curte belas paisagens e uma atmosfera digna de uma viagem ao passado. Nela, é possível ter uma visão completa, sempre rodeada por um esplêndido mar cristalino. Como apenas as três principais ilhas do arquipélago são habitadas, é fácil encontrar praias desertas com paisagens de tirar o fôlego! E para quem gosta de mais movimento, a capital, Valeta, é pequena, mas muito colorida. Nem preciso falar que para os amantes da fotografia e vídeos o país é sempre um prato cheio!

Malta

Foto: visitmalta.com

Cultura, história e museus

Desde templos pré-históricos em Gozo, patrimônios mundiais da Unesco, até uma forte influência de diversas culturas durante a sua rica e conturbada história – principalmente inglesa e italiana -, Malta conserva uma vasta quantidade de obras espalhadas pelo seu território, especialmente na sede do Governo, no Museu de Belas Artes, no Museu de Arqueologia, no Forte de Santo Elmo e no Museu da Inquisição. Destaque para uma tela de Caravaggio, na catedral de São João, famoso pintor que chegou a viver alguns meses na ilha. Como país católico e considerado o mais religioso da Europa, os festivais organizados pelas igrejas também ganham destaque.

Ficou afim de desembarcar neste verdadeiro paraíso? Então, aproveite que a escola Maltalingua está oferecendo uma variedade de cursos adaptados à sua necessidade, independentemente do nível de inglês. Os cursos são ministrados em pequenos grupos e em um ambiente agradável. Para mais informações, consulte a página da escolha www.maltalingua.pt.

E aí, o que ainda está esperando para aprender inglês em Malta? Boa viagem!

Post patrocinado

Curta e siga:

Michel Zylberberg

Criei o blog em 2006 para compartilhar as minhas andanças pelo mundo, já rodei por mais de 20 países e gosto de incentivar as pessoas a conhecerem o que esse mundão maravilhoso tem a oferecer! Conto com a colaboração de amigos e convidados para poder trazer um conteúdo relevante e interessante, sempre junto com a minha grande paixão - a fotografia.