Os 5 pilares imperdíveis de Lisboa

lisboa


Como todos sabem, Portugal não é um país para se visitar uma única vez, com tantas cidades, atrações e gastronomia diferenciada, o ideal é que você busque sempre aproveitar o máximo possível de cada região, sem pressa nem estresse, e, de preferência, mais de uma vez. Bom, vamos direto ao ponto? Começou por Lisboa? Aqui segue uma listinha dos pontos iniciais que você não poderá perder.

TORRE DE BELÉM

Esta fortificação do século XVI é frequentemente retratada como o símbolo da Era dos Descobrimentos na Europa. Um patrimônio mundial e a porta de entrada para Lisboa, esta deve ser vista em sua visita à cidade. Este marco certamente o encantará, enquanto você admira seus diferentes estilos de arquitetura, construídos durante as torres de observação de estilo norte-africano do renascimento português e adornam a torre de estilo manuelino. Por apenas € 6 por um bilhete de entrada, não esqueça de adiciona-la ao seu itinerário.

lisboa

MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS

Um mosteiro de 500 anos, construído em calcário de lioz, um calcário dourado. Também feito no estilo manuelino deslumbrante durante o renascimento português, não deixe de conferir o portal sul, projetado pelo famoso arquiteto ibérico João de Castilho. O portal sul é um local para contemplar, coberto de empenas, pináculos e centenas de estátuas finas. Este marco é considerado como uma das exibição mais impressionante da riqueza e do poder de Portugal pagando-se somente 10 euros pela entrada.

ELEVADOR DE SANTA JUSTA

O Elevador de Santa Justa, uma adição relativamente moderna a Lisboa, em comparação com os dois primeiros participantes da nossa lista. Este elevador foi construído em 1899, a fim de atravessar melhor o terreno montanhoso de Lisboa e conectar dois bairros importantes, mas rapidamente se tornou uma atração turística devido às vistas panorâmicas que oferece da cidade. Um símbolo dos anos 1900, feito no estilo neogótico e quase que inteiramente a base de ferro, oferece um breve retrato exclusivo dos temas de design moderno da época.

ROSSIO

Nenhuma viagem a Lisboa estaria completa sem uma visita ao Rossio, o nome comum da Praça do Rei Pedro IV, no coração da Baixa. Local de centenas dos eventos históricos mais importantes da história portuguesa, de celebrações a revoluções e execuções, o que ligou a todos foi a sua localização, o Rossio. Cercado por bares e restaurantes populares e também por uma das cafeterias mais famosas do mundo, o Café Nicola, hoje a praça é um lugar divertido para lazer e socialização. Povoada por habitantes locais e turistas, a praça oferece um ambiente divertido e animado para servir como pano de fundo para o seu “role” noturno.

lisboa

PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

Por último e certamente não menos importante, tivemos que incluir o Padrão dos Descobrimentos, um dos marcos portugueses mais reconhecíveis e reconhecido. Um monumento à era portuguesa das descobertas, celebrando as inúmeras realizações que os exploradores portugueses desfrutaram ao longo dos séculos XV e XVI. Originalmente uma instalação temporária construída para a World Expo, mas que foi reconstruída na década de 1960. A maneira perfeita de terminar sua viagem, admirando o monumento projetado para encapsular a glória do que muitos acreditam ser a Era de Ouro portuguesa.

ONDE FICAR

Se você quer experienciar uma viagem regada de atrações turística, mas com um estilo de vida e preços de locais, o ideal é reservar o seu próprio cantinho, ou seja, alugar seu apartamento e evitar hotéis caros. O bairro de escolha dependerá do seu estilo, se você pretende ficar perto de tudo, incluindo hotéis, lojas e restaurantes, a Baixa é o lugar para se instalar. Se você quer fugir um pouco do amontoado de turistas do centro histórico e prefere algo mais jovem e descolado, o Cais de Sodré. Por fim, se você não se importa em gastar uma graninha a mais e pretende adotar um estilo mais luxuoso para a sua viagem, estando cercado das melhores e mais chiques lojas de Lisboa, procure um apartamento na Avenida da Liberdade.

Curta e siga:
Avatar

Michel Zylberberg

Criei o blog em 2006 para compartilhar as minhas andanças pelo mundo, já rodei por mais de 20 países e gosto de incentivar as pessoas a conhecerem o que esse mundão maravilhoso tem a oferecer! Conto com a colaboração de amigos e convidados para poder trazer um conteúdo relevante e interessante, sempre junto com a minha grande paixão - a fotografia.